Jovens sul africanos criam tablet para áreas rurais

1937

vuya_creators
Dois jovens empresários sul africanos criaram um tablet para o mercado rural Africano, o tablet pode ser carregado com a luz solar para áreas onde há dificuldades de fornecimento de energia eléctrica.

Para aproveitar a luz solar que a África do sul e outros países africanos como Angola proporcionam estes dois jovens oriundos de Port Elizabeth criaram o Millbug Vuya Tablet, Vuya significa “Seja Feliz” em isiXhosa um dialecto usado em Port Elizabeth, O Vuya foi criado em 2012 por Sabelo Sibanda de 30 anos e Thulisile Volwana de 22 anos, a ideia inicial era criar uma loja virtual para vender roupas aos jovens compreendidos entre os 15 aos 35 anos de idade, mais tarde eles entenderam que existia pouca inclinação por parte das pessoas em fazer compras em loja virtual utilizando Smartphones por exemplo, e ai surgiu-lhes a ideia de inventar um tablet que poderia facilitar a experiência em compras virtuais utilizando um tablet PC, começou uma revolução para estes dois jovens começaram a fazer todo tipo de curso Online relacionado a electrónica, durante o tempo de pesquisa sobre a natureza do dispositivo descobriram que a CSIR (Conselho Sul Africano de Pesquisa Científica e Industrial) já havia feito um estudo que tinha bons indicativos sobre tecnologias rurais para educação e saúde isso foi um voto para apostarem intensamente em construir o Millbug.

Para a concretização do projecto a Seda uma agência sul africana de desenvolvimento que ajuda pequenos negócios a evoluir, financiou R35.000 (Rands) , aproximadamente 3.253 mil USDe ajudou em todo o processo desde o contacto com os fabricantes dos componentes utilizados para montar o tablet até o registo e certificação do mesmo, outros custos foram pagos pelos inventores.

Como produto final o Vuya tem conectividade Wi-fi, 7 polegadas, sistema operativo Android 4.4 KitKat, 1.2GHz de processador, 512MB de memória e 4GB de armazenamento interno.

vuya

O Tablet está disponível em várias cores entre elas: Preto, Vermelho, Azul e Roxo, actualmente os criadores estão a planear criar um dispositivo maior com suporte a rede 3G, “Queriamos que nosso primeiro tablet fosse acessível” disse Sibanda.

Sibanda ainda disse que há um grande interesse por parte de algumas empresas de telecomunicações e empresas de outros ramos, entretanto não quis dizer quais empresas já têm um contrato firmado com os inventores, ele ainda realçou que o principal foco do tablet continua ser a educação.

O Vuya será oficialmente lançado no final de Junho com o preço de R1.499 qualquer coisa como 15.000 KZ

Só resta sabermos qual será o preço final do tablet até chegar em Angola .

[Fonte]: TechCentral