Angola sai de Nuremberga com 10 medalhas na Feira Internacional de Ideias, Invenções

0
2207

IENA2015

Um júri composto por 25 membros independentes das áreas de economia, investigação, desenvolvimento, medicina e tecnologia avaliou cada uma das 700 invenções expostas na Feira Internacional de Ideias, Invenções e Novos Produtos (IENA) 2015. Foram atribuídas 65 medalhas de ouro, 86 medalhas de prata e 55 medalhas de bronze. A 67ª da Feira de Ideias, Inovação e Novos Produtos (IENA) 2015, decorreu de 29 de Outubro a 1 de Novembro deste ano. Angola contou com 10 inventores e 19 projectos.

Angola esteve bem representada, tendo conseguido as seguintes medalhas:

Ouro:

  • Projecto da Faculdade de Medicina da Universidade Lueji A’Nkonda, “A estratégia de protecção de mordeduras de serpentes” venceu a primeira medalha de ouro.
  • António Manuel Kawele, com o seu projecto de reciclagem denominado do “De lixo ao luxo”, onde com restos de materiais recolhidos do lixo transforma em obras de arte como pastas, chinelas, colares, pulseiras, entre outros artigos.

Prata:

  • Universidade Agostinho Neto (UAN) com o jogo Palanquinha, um jogo que, além do divertimento ilustra os pontos históricos e turísticos de Angola
  • Hélder Silva com o projecto sistema de controlo de acidentes de aviação.

Bronze:

  • Inácio Augusto Simão conquistou duas medalhas de bronze, com os projectos  “Bicicleta Multifuncional”, “dispositivo multifuncional para deficientes físicos, visuais e doentes”
  • Ricardo Antunes Figueiredo, com o projecto  “o aparelho para evitar derrame de petróleo nos oceanos”
  • Universidade Agostinho Neto com o projecto “Sistema Integrado de Emergências Médicas de Angola (SIEMA)”
  • Hélder Silva com o projecto sistema de protecção dos dentes durante a radioterapia.

Há um prémio especial, atribuído pelo ministério da ciência e tecnologia, tendo seleccionado dois projectos na categoria juvenis com galardão de cristal “ciência e tecnologia”, um sistema inovador para lavagem das mãos e outro de saúde pública e na categoria de adultos foi galardoado com uma estátua do pescador um sistema de produção de energia eléctrica utilizando teorias cinéticas.

A organização do evento já anunciou que este ano foi de grande sucesso. É bastante provável que no próximo ano, no mês de Outubro, Angola volte ao local para competir por mais medalhas.

A grande questão agora é passar estas ideias para a fase de produção e industrialização, decerto que o ministério da ciência e tecnologia está atento a isso…

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here