Divulgada a lista dos maiores riscos em cibersegurança para 2018

0
2500

ESET é uma empresa de segurança sediada em Bratislava, na Eslováquia, divulgou aquilo que poderá vir a ser os maiores riscos em cibersegurança em 2018. Conheça a seguir os detalhes de cada deles.

Na área da cibersegurança desperta especial atenção pois atinge não só as empresas mas também os indivíduos, que são cada vez mais o foco dos cibercriminosos como ponto de entrada nas organizações.

  • Ataques a infraestruturas críticas

Os sistemas de controlo industriais, que na sua maioria não foram concebidos de raiz com a ligação à Internet em mente, deverão continuar a ser alvo de ataques de malware, que põem em causa as infraestruturas críticas e, em última instância, a nossa segurança.

  • Privacidade

A ESET prevê que, a tendência que vê os especialistas de segurança procurarem monetizar os dados dos utilizadores em troca de software antimalware gratuito deve persistir em 2018.

A isto vai acrescer o risco associado à privacidade dos dados, que está já sob ataque feroz devido aos rastros digitais deixados por uma variedade de dispositivos (nomeadamente a Internet das Coisas).

  • Rasomware

A ESET chama a atenção para as mais recentes observações sobre a evolução do rasomware., já que os ataques de rasomware são de natureza indiscriminada e pagar pelo acesso aos dados feitos reféns nem sempre soluciona o problema.

Actualmente, os dados são o bem mais precioso e, portanto, não é de espantar que o rasomware continue a ser muito procurado junto dos cibercriminosos.

  • Sistemas de voto electrônicos

Os sistemas de voto electrônicos a segurança está a tentar acompanhar os avanços tecnológicos. A preponderância das provas que estes sistemas podem ser manipulados representa um risco para a própria democracia.

Segundo a ESET, todos os aspetos dos sistemas eleitorais que sejam baseados em voto electrônico têm de ser enquadrados na infraestrutura crítica dum país e, assim, serem adequadamente salvaguardados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here