Ferrari sofre ataque hacker e milhares de documentos estão na Internet

1137

Desta vez calhou à Ferrari ser hackeada e já se conhecem os autores dessa situação: o grupo RansonEXX. Eles conseguiram meter as suas mãos em vários milhares de documentos, com tamanho total de dados superior a 7GB.

Os hackers obtiveram documentos internos da empresa, tais como fichas técnicas, instruções de reparação e muitas outras informações que supostamente deveriam manter-se confidenciais.

Esta não é a primeira vez que documentos da Ferrari são hackeados e aparecem online. Anteriormente, outro grupo de hackers obteve acesso aos servidores da empresa de engenharia Speroni, que fornece peças para os carros desportivos, e colocou à venda elementos da Ferrari, Lamborghini e Maserati. Na época, a infraestrutura da Ferrari não havia sido afetada.

Em relação ao hacking, tratou-se de um ataque do tipo ransomware. Os hackers conseguiram ter acesso aos documentos e criptografaram tudo. Um resgate está agora a ser exigido para fornecer a chave que permitirá que eles recuperem o acesso total aos seus dados.

Segundo o jornal italiano Corriere della Sera, a montadora declara oficialmente que “não tem evidências de violação dos seus sistemas, ou ransomware, e informa que não houve interrupção da sua atividade e operação. A empresa está a trabalhar para identificar a origem do evento e tomará todas as medidas necessárias”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui