[Jogos] Trailer do Assassin’s Creed Exclusivo Para PS3 e Xbox 360

0
1986

Foi ontem lançado no canal Youtube de Assassin’s Creed UK o trailer de Assassin’s Creed Rogue. Este jogo, a par do já tão falado Assassin’s Creed Unity, trata-se do mais recente título da franquia. No entanto ao contrario do seu irmão que foi apresentado na E3 2014, Rogue será um exclusivo para PS3 e Xbox 360. É isso mesmo, somente as consolas da “velha geração” é que irão rodar este jogo.


Não é com uma grande supressa que se vê a Ubisoft a mudar de estratégia comercial no que toca aos seus grandes títulos e lançar 2 jogos diferentes, uma para a nova geração e outro para a geração anterior. Afinal de contas as imensas críticas lançadas ao jogo Watch Dogs demostrou claramente que a maioria dos jogadores não é compreensiva em relação ao facto que um jogo que não seja exclusivo para as consolas da nova geração perca qualidade.

Apesar de limitar consideravelmente o potencial do jogo ao lançá-lo para ambas as gerações de consolas, a maioria dos estúdios de jogos perante o número esmagador de PS3 e Xbox 360 ainda activas, prefere lançar um produto de qualidade inferior a que poderia ter se fosse lançado apenas para as a PS4 e a Xbox One (não fosse limitado em termos de processamento e memória).

rogue-ce
De resto este será o primeiro jogo da franquia que não sairá para PC, isto é se nos esquecermos que o Assassin’s Creed Pirates foi alguma vez lançado tal como normalmente todos os fãs dos Assassin fazem. O que por si não deixa de ser estranho tendo em conta o quanto abrangente é a lista de jogos atualmente mais jogados em PC tendo em conta o nível gráficos e requerimentos do sistema.

No entanto para nós aqui no Menos Fios, apesar de um lançamento do um Assassin’s Creed só para PS3 e Xbox 360, ser só por si considerado um marco a ter em conta, estamos mais entusiasmados pelo facto de este ser o primeiro jogo onde o nome de um angolano irá aparecer nos créditos. Pois é, o nome de Bruno Pinto irá aparecer nos créditos finais de Assassin’s Creed Rogue, e apesar de a maioria dos jogadores fazerem simplesmente skip ao créditos do jogo, isto quer dizer este jogo terá um pequeno toque angolano não fosse essa a nacionalidade de um dos seus programadores.

Bruno Pinto nasceu, cresceu e fez grande parte da sua formação em Angola onde foi inclusive um membro bem conhecido na comunidade gamer até que … Bem é melhor deixar que seja o próprio programador mwangolé de jogos da Ubisoft a contar-vos mais sobre ele na entrevista que ele irá dar ao MenosFios dentro de muito em breve.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui