Moçambique. Pagamentos digitais já cobre 92% das instituições do Governo

582

Mais de 90% dos 2303 órgãos e instituições do Estado em Moçambique, existente nos níveis central, provincial e distrital já realizam as suas despesas por meio de pagamentos digitais, por intermédio da plataforma informática de suporte do Sistema de Administração Financeira do Estado (e-SISTAFE).

O e-SISTAFE é uma plataforma, que além de garantir o controlo orçamental e melhorar a prestação de contas, permite que órgãos e instituições do governo moçambicano efectuem todos os seus pagamentos de forma electrónica para o pagamento de salários aos funcionários e agentes do Estado, de bens e serviços contratados a todos os seus fornecedores no país ou no exterior.

Segundo o que foi revelado nos números mais recentes do Banco de Moçambique, em termos evolutivos, em 2010 o e-SISTAFE cobria apenas 73 dos 154 distritos do território moçambicano, com um número anual de 704.193 pagamentos electrónicos. Já em 2021, foram feitos 9.128.876 pagamentos digiatis com cobertura nos 154 distritos existentes.

MAIS: Moçambique: Banco Central procura acelerar digitalização do Sistema de Pagamentos

Sobre o depósito dos salários, 99,72% dos funcionários e agentes do Estado recebem nas suas respectivas contas bancárias, através das transferências bancárias electrónicas comandadas no e-SISTAFE, contra os 45% em 2010.

Falando aos jornalistas, Jacinto Muchine, administrador-executivo do CEDSIF, indicou que em 2020 o Ministério da Economia e Finanças de Moçambique, representado pela sua instituição, em convénio com o Ministério da Administração Estatal e Função Pública e a Associação Nacional dos Municípios de Moçambique, começou a operacionalização do e-SISTAFE autárquico, onde até ao presente momento, assegurou que 40 autarquias executem o seu orçamento com pagamentos electrónicos por via desse sistema.

De informar ainda que, no ano de 2019, o CEDSIF, em parceria com o Instituto Nacional de Acção Social (INAS), iniciou a operacionalização dos pagamentos digitais para a carteira de moeda electrónica M-Pesa para os beneficiários de acção social, através do Sistema de Gestão de Beneficiários do INAS (SGB).

Até o primeiro trimestre de 2022, o sistema nacional de Moçambique registrou 16.929 pagamentos digitais, estando actualmente em curso a integração de outras instituições de moeda electrónica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui