Netflix explicou como vai impedir partilha de contas

2044

A Netflix anunciou no ano passado que, em 2023, tomaria medidas para impedir que os subscritores partilhassem as contas do serviço. A iniciativa voltou a ser confirmada este ano e, agora, a Netflix partilhou no seu próprio site como fará para impedir que uma conta seja partilhada por pessoas que não morem sozinhas.

A empresa adianta que utilizará informações como o endereço IP, identificadores de dispositivos e também atividade da conta para determinar se um dispositivo ligado a uma conta está ligado à localização principal.

Caso um novo dispositivo seja ligado à conta a partir de uma localização diferente, a Netflix exigirá um código temporário que permita o acesso por sete dias consecutivos. A empresa nota que os utilizadores de conta que usem o “dispositivo principal” não devem ter problemas em usar a Netflix em outras localizações.

MAIS: Partilha de contas na Netflix tem os dias contados

Todavia, para outros dispositivos terem acesso sem interrupções à Netflix, devem conectar-se ao Wi-Fi da localização principal da conta pelo menos uma vez a cada 31 dias.

“Para garantir o acesso sem interrupções à Netflix, liga-te ao Wi-Fi da tua localização principal, abre a app ou website da Netflix, ou assiste a algo pelo menos uma vez a cada 31 dias. Isto cria um dispositivo confiável para que possas ver Netflix, mesmo quando estás fora da tua localização principalexplica a NetflixSe estás longe da tua localização principal por um período prolongado de tempo, o teu dispositivo pode ser bloqueado na Netflix. Podes pedir um código de acesso temporário para continuar a ver.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui