Symantec cria router Norton Core que protege seus gadgets contra hackers

921

A Symantec apresentou esta semana o Norton Core, um router que tem protecção contra vírus instalada para proteger até 20 smartphones e tablets, além de uma quantidade ilimitada de dispositivos de internet das coisas.

O Norton Core transmite sinal de internet nas frequências 2,4 GHz e 5 GHz, para que os gadgets possam se conectar na rede mais adequada. No primeiro caso, a rede está mais sujeita à interferência de aparelhos como micro-ondas ou telefones sem fio, mas têm maior alcance. No segundo, a incidência de interferências é menor, mas o alcance normalmente é inferior ao da frequência 2,4 GHz.

O router inclui um processador dual-core a 1,7GHz, duas portas USB 3.0, e suporta o Wi-Fi-AC e o 4×4 MU-MIMO. Os usuários do Norton Core vão poder utilizar uma aplicação para os dispositivos móveis para personalizar e monitorizar a sua rede.

O aparelho permite ainda que o utilizador bloqueie comportamentos suspeitos na sua rede, como a conexão de um aparelho desconhecido. Além disso, qualquer software que se instalar no aparelho é movido para quarentena, com o objectivo de não infectar outros dispositivos ligados à rede.

O Norton Core possui um padrão Wi-Fi mais moderno do mercado actualmente. Chamado Wave 2 e promete maior velocidade e confiabilidade da internet.  A velocidade máxima do dispositivo é de 2,5 Gbps, o que permite a transmissão online de vídeos na resolução 4K, bem como o streaming de jogos.

Por enquanto, o Norton Core não tem previsão de chegar em Angola, mas nos Estados Unidos da América, estará disponível no final deste semestre com um preço a partir dos 280 dólares.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorKingston lança pendrive com capacidade de até 2 Terabytes
Próximo artigoASUS anuncia o notebook ASUSPRO B9440
Daniel Afonso Geto Estudante de Engenharia de redes e telecomunicações escreve sobre tecnologia precisamente por ser a sua área de formação, ser algo que ama fazer e para si é um previlegio fazer parte do maior site angolano de notícias ligadas à TIC.Partindo do princípio, parar é morrer, é também detentor das certificações: Administração de Redes, CCNA Routing, CCNA Switching e CCNA Security.