Angola presente na reunião dos Estados Membros da Organização Internacional das Telecomunicações (ITSO)

0
585

Uma comitiva angolana está a participar na 40ª sessão da Assembleia dos Estados Membros da Organização Internacional das Telecomunicações (ITSO, sigla em inglês), instituição responsável por supervisionar as obrigações de protecção dos serviços públicos internacionais de telecomunicações, da empresa privada Intelsat, garantindo ainda que “todas as nações tenham acesso a serviços de comunicações via satélite“.

A delegação nacional que está presente no evento que termina no dia de hoje(30), em Washington, Estados Unidos, é chefiada pelo Secretário de Estado para as Telecomunicações, Mário Oliveira, bem como pelo Director Geral do GGPEN, Dr. Zolana João, e o segundo Secretário da Embaixada de Angola nos EUA, Nkruman Bernardo.

A 40ª reunião da Assembleia da ISTO tem como principais objectivos examinar o futuro e as disposições operacionais, nomeadamente: financiamento global das actividades da ITSO pela Intelsat e apresentação de informações fidedignas a ITSO pela Intelsat.

MAIS: Angola presente na Conferência Mundial de Desenvolvimento de Telecomunicações

A presença do nosso país nos ITSO, que é membro desde 2017, é pelo facto de Angola fazer parte da Região D (África) e assenta no eixo 4 da Estratégia Espacial Nacional 2016-2025, que orienta a afirmação internacional do Estado Angolano no domínio espacial – o qual tem por fim principal garantir que Angola assuma um papel de relevância no contexto internacional em matéria espacial, com vista a assegurar que o país contribua para a definição das principais orientações internacionais neste domínio e participa em iniciativas e projectos relevantes.

De informar ainda que, considerando a relevância das telecomunicações e da entrada de Angola na era espacial rumo ao desenvolvimento sustentável, enquanto membro da ITSO, o país vai beneficiar-se de assistência técnica da Intelsat, enquanto segundo maior provedor de serviços de telecomunicações a nível mundial; Perspectivas de financiamento aos Estados Membros, mediante a definição do acordo de financiamento entre a ISTO e a Intelsat, para o exercício de 2023 da ISTO; Participação nas discussões a volta da proposta apresentada na 39ª pela Comissão Federal de Comunicações dos EUA, sobre a regulamentação do uso dos serviços de banda larga sem fio até 280 MHz de frequências na Banda-C (3,7 – 4,2 GHz), que poderá afectar a recepção do ANGOSAT-2 nas bandas de recepção dos 3.694 – 4.166 MHz.

A Organização Internacional de Telecomunicações por Satélite (ITSO-International Telecommunications Satellite Organization), é uma organização intergovernamental, com sede em Washington D.C., Estados Unidos da América e conta com 149 Estados Membros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui