Associação cria plataforma web para contar presença africana em Portugal

1425

A Associação Batoto Yetu Portugal criou uma plataforma web para disponibilizar em acervo digital  à presença africana neste país europeu, no seguimento do trabalho de partilha da cultura, artes e história africana aos jovens portugueses de origem africana.

Denominada “Memória Digital Africana” (https://dam.batotoyetu.pt/dam/) o acervo vai permitir recolher informações sobre o passado e presente de portugueses negros espalhados no mundo e sobre migrações humanas de povos africanos para a região ibérica, até aos dias de hoje.

Esta plataforma irá permitir concentrar informações, livros, trabalhos académicos, vídeos, ou outros testemunhos pessoais sobre temas que já são públicos, mas estão dispersos, ou não sendo públicos torna-los de maior acesso às escolas, academia e ao publico em geral”, pode ler-se na plataforma.

O projeto permitirá também dar a conhecer a presença e influência dos vários povos africanos na cultura portuguesa ou lusófona.

Esta poderá assim servir para estudos académicos, peças artísticas, acompanhamento histórico, consciencialização da importância científica, artística, humana e social das culturas africanas nos dias de hoje”, sublinhou.

Por fim,  a Associação Batoto Yetu Portugal frisa que parte desta informação sustenta as visitas guiadas e caminhadas pelos espaços de memória da presença africana em Portugal.

A plataforma vem para evidenciar momentos históricos relevantes que possam ser celebrados, e readaptados noutros formatos úteis a toda a sociedade aos dias de hoje”, ressaltam.

De informar ainda que a plataforma irá ser atualizada ao longo do tempo, por isso a associação solicita apoio de todos na indicação de informação, outras plataformas similares, ou pessoas com testemunhos que possam ser relevantes agregar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui