Comprar criptomoedas, onde e como?

1360

Se nunca compraste criptomoedas e já ouviste falar várias vezes do tema, poderás questionar-te:

O país onde estou, influencia a compra de criptomoedas?

Onde posso comprar criptomoedas?

Como posso comprar criptomoedas?

São perguntas bastante pertinentes e que vais ver respondidas, ao longo deste artigo, de forma clara, objetiva e simples, sem rodeios e indo direto ao assunto.

Vamos começar…

O país onde estou, influencia a compra de criptomoedas?

De forma muito direta, o país onde estás, poderá influenciar a compra de criptomoedas, sim. No entanto, não influencia, ao ponto de impedir-te, ou de dificultar-te muito, a compra, pois de uma forma geral, apenas poderá não estar disponível um ou outro método de aquisição, num determinado país. Por outras palavras, se não podes comprar, de uma determinada maneira, podes certamente comprar de outra, mas podes sempre.

Entramos então agora, na parte, de onde e como podes comprar criptomoedas.

Onde posso comprar criptomoedas?

O local onde podes comprar criptomoedas varia, desde uma loja física convencional, através da aquisição de vouchers, passando pelas menos usuais máquinas de ATM bitcoin, através de dinheiro físico ou até a plataformas virtuais específicas para o efeito, utilizando os métodos vulgares, cartão de crédito, transferência bancária ou até mesmo paypal.

O importante é que, seja qual for a tua decisão, do local para a compra, terás sempre no mínimo de ter uma carteira digital – uma plataforma específica para poderes armazenar as tuas criptomoedas.

As criptomoedas não são “algo” físico, não conseguirás de forma direta, andar com elas no teu bolso! Por isso, a carteira digital, será um local onde vais receber as tuas criptomoedas, quando as comprares através de vouchers, ATM bitcoin, etc… poderás ainda comprar criptomoedas, diretamente na plataforma da carteira digital e/ou exchange – casa de câmbio virtual, mais vocacionada para outro tipo de operações com criptomoedas.

Plataformas virtuais, Carteiras Digitais, Exchanges, máquinas de ATMbitcoin, lojas físicas (através da compra de vouchers) são exemplos de onde podes comprar criptomoedas.

Como posso comprar criptomoedas?

Podes comprar criptomoedas de várias formas, é muito simples, com cartão de crédito, através de transferência de bancária, vouchers, etc… ou seja, utilizando moeda fiat: euro, dólar, libra, real ou qualquer outra moeda, inerente aos países, recorrendo analogamente aos vários métodos disponíveis no local para compra.

Comprar criptomoedas é como comprar um outro produto na internet!

Uma das formas mais comuns de comprares criptomoeda, é utilizando de forma simples e habitual, para muitas pessoas, o já conhecido, cartão de crédito e/ou de débito, como se fosse uma compra online normal, de um outro artigo, físico, por exemplo, só que neste caso, ninguém te vai enviar criptomoedas para casa, mas sim para a tua carteira digital. Evidenciando os métodos de compra de criptomoeda mais comuns…

Compra através de cartão de Crédito/Débito:

Tudo dependerá do local que optares por comprar as tuas criptomoedas, se recorreres a uma carteira digital e/ou exchange, terás de configurar o teu cartão nessa plataforma e a partir do momento, em que o teu cartão esteja configurado, na carteira e/ou na exchange, tudo o que tens a fazer são escolhas:

1) Qual a criptomoeda que pretendes adquirir;

2) Qual a Quantidade que pretendes adquirir;

3) O Método de Pagamento, que seria no caso do que estamos a descrever, como meramente exemplificativo, o teu cartão de crédito/débito, previamente configurado.

O processo de compra de criptomoedas com cartão é praticamente imediato.

As criptomoedas ficam disponíveis imediatamente na tua carteira digital/exchange.

É necessário saber que neste processo de comprar criptomoeda através de cartão, na grande maior parte dos casos, é cobrada uma taxa por parte da entidade, onde está a ser comprada a criptomoeda, ou seja, a Carteira ou a Exchange, no caso exemplificado.

Sobre a configuração de cartões, ainda é importante referir:

  • Poderás ter tantos cartões configurados, como os que pretenderes.
  • Uns cartões poderão dar, enquanto outros poderão não dar.

Existem alguns fatores externos que podem influenciar esta configuração, porque quando configuras cartões do sistema convencional financeiro, isto é, cartões dos bancos “normais”, terás de sujeitar-te às regras instituídas em cada banco.

Há ainda hoje, alguns bancos que não deixam comprar criptomoeda!

Antigamente, há uns anos, havia muitos bancos que não deixavam comprar criptomoeda, com os seus cartões, hoje quase todos permitem.

Relembramos que os bancos numa fase inicial, interpretaram as criptomoedas, como um tipo de concorrência direta e então a forma de fazer frente às criptomoedas, foi fazendo-lhes realmente frente de forma direta, criando dificuldades na sua aquisição, etc… Depois aos poucos e com o passar do tempo, no geral lá foram concluindo que não valia a pena, pois era inevitável a expansão das criptomoedas e o número cada vez maiores de utilizadores…

Os clientes que querem comprar criptomoedas,

optam por bancos que autorizem e facilitem a compra!

Quando o banco impede a compra de criptomoedas, normalmente o cliente decidido, opta por procurar solução e frequentemente opta por abrir conta em bancos mais permissivos e resolve assim de forma simples.

Porque cada vez existem mais clientes a solicitarem essa compra porque é já senso comum que as criptomoedas vieram para ficar, muitos bancos já optaram por se ajustar a essa realidade e optar por lidar com esse facto, alterando as suas regras nesse sentido, tornando-se mais permissivos.

Os bancos estão a ajustar-se às criptomoedas e com isso, a rever as suas regras.

Atualmente, isso é um facto! A maioria dos bancos, gradualmente já está nesse processo de tolerar e/ou aceitar as criptomoedas.

Ainda sobre a compra com cartões, a configuração dos cartões é mais ou menos regra em qualquer carteira digital/exchange, no entanto, existem outras plataformas digitais, onde podes utilizar os cartões preenchendo unicamente os dados, como fazes para efetuar uma outra compra na internet.

Podes ainda, comprar criptomoedas, com cartões de fintech, alguns cartões sem Iban associado. Estes cartões são cada vez mais procurados e utilizados.

Comprar através de Transferência Bancária:

Uma outra forma de comprar criptomoedas, é através de uma simples transferência bancária convencional, para uma conta indicada pela própria plataforma, exemplo: Carteira ou Exchange.

 Para comprares criptomoedas através de transferência, farás um processo idêntico a transferires para onde quer que seja, ou para quem quer que seja.

 Há uma determinada conta bancária indicada pela entidade, com o respetivo IBAN e outros dados bancários. Transferes para essa conta, a quantia que quiseres. Essa transferência muitas vezes terá como consequência direta, esse mesmo valor transferido ser “depositado” na tua carteira em euros, que se encontra também disponível na Carteira Digital ou Exchange.

Por exemplo, imagina que transferes USD 100 para uma determinada conta bancária, indicada pela Carteira, passado 1 dia ou 2 (pode ser menos, pode ser mais, aqui entra o setor bancário convencional, com as suas regras) tens esses USD 100, dentro da tua carteira em euros, disponíveis para utilizares. E podes então comprar USD 100 de uma determinada criptomoeda, a qualquer momento, ficando o equivalente na criptomoeda adquirida, disponível na hora, na Wallet respetiva.

De igual modo, poderão ser aplicadas taxas na aquisição da criptomoeda, ou dito de outra forma, quando passares de euros para criptomoeda, podem ser aplicadas taxas.

Outras formas de comprar, menos usuais…

Comprar através de vouchers:

Outra forma de comprares criptomoedas, é através de vouchers.

O processo de compra de criptomoedas por vouchers é análogo,

à compra de qualquer outro produto, por este método.

Algures num determinado website e/ou numa loja física (ao qual pertence o voucher) eventualmente registas-te e terás um lugar num determinado campo de um formulário, para colocares o endereço da tua wallet (carteira digital) para onde a criptomoeda a que diz respeito o voucher, será enviada. Também aqui poderão ser aplicadas taxas, no caso, pelo serviço prestado ao cliente.

Comprar através de ATMs bitcoin:

Em África estas máquinas tipo ATM ainda não são vulgares. Mas caso te depares com uma, vais ver que têm um aspeto similar a um ATM multibanco “normal” e funcionam mais ou menos da mesma forma.

Nas ATMs bitcoin, poderás comprar criptomoedas, facilmente, por exemplo introduzindo dinheiro físico.

 Comprar através de plataformas de intermediação:

Podes também adquirir criptomoedas, em plataformas que colocam o comprador em contacto online direto, com o vendedor, cobrando uma taxa pelo serviço prestado.

Ou ainda…

Em plataformas, que intermedeiam o comprador/vendedor de forma presencial, para efetuar o processo de compra/venda de criptomoeda.

Neste caso, dentro do website, procuras um vendedor geograficamente perto da tua área de residência e no ato presencial, acertas com ele os valores e simultâneo efetuam a operação de compra/venda.

A cada dia surgem novas formas de comprar criptomoedas, mas estas são algumas que consideramos as mais frequentes e suficientes, para poderes começar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui