Consultório MenosFios: O que é a Geração Alpha?

0
466

Geração Alpha é o nome dado para quem nasceu desde 2010, e ainda vai nascer até 2025. Essa geração sucede a Geração Z, que nasceu entre 1997 e 2009, e são, em sua maior parte, filhos dos millenniais (1981-1996). De acordo com o que se espera, em 2025 haverá cerca de 2,5 bilhões da Geração Alpha no mundo, o que fará deles a maior geração da história da humanidade.

A Geração Alpha é a primeira geração a nascer interiramente na era digital, visto que boa parte da Geração Z não teve contacto com samartphones nos primeiros anos da infância, sem esquecer que os Alphas já passam por uma “lavagem cerebral“, digamos assim, logo na saída do útero. Por exemplo, uma pesquisa nos EUA revelou que 90% das crianças com 1 ano têm contacto com tablets e smartphones, e onde uma pesquisa de 2019 com 3 mil crianças ao redor do mundo detectou que a profissão mais desejada pelos pequenos ao crescer era a de Youtuber.

Um facto muito interessante sobre os Alphas é maneira com que eles misturam o real com o digital, indicando que esse é um píblico mais propenso a aceitar o “metaverso“, o ambicioso objectivo de big techs como a Meta (dona do Facebook) de transformar a internet toda num grande ambiente virtual 3D, isto é, um universo feito de prótons (partículas de luz) capaz de substituir este no qual vivemos agora, feito de átomos mesmo.

Sim, talvez possa parecer estranho para a maioria preferir tomar um cafezinho com o seu colega de trabalho numa sala virtual enquanto usa um óculos de realidade aumentada no quarto. Mas para as crianças de hoje, que já fazem esse tipo de coisa diariamente em jogos como o Roblox e o Fortnite, a ideia é muito mais natural. Em suma, é nelas que Mark Zuckerberg e os demais arquitectos do metaverso viram.

Uma outra particularidade sobre a Geração Alpha é que são mais propensos a crecser em configurações familiares menos tradicionais, como famílias inter-raciais, homoafectivas ou com mães e pais solos, que é uma revolução de proporções históricas.

O hábito de dividir osseres humanos em safras, veio nos milhões nascidos nos EUA, na prosperidade do pós-guerra, praticamente entre 1946 e 1964, onde ganharam o rótulo de baby boomers. As outras denominações (Geração X, Y, Z, Alpha) foram nascendo de forma sequencial, e onde não é uma ciência.

Para os mais éticos, chega a ser cringe worthy rotular que alguém nascido em 1998 difere grande coisa de quem veio ao mundo em 1995. Mas de informar que essa divisão tem a sua utilidade na hora de analisar tendências da sociedade para o longo prazo.

 

________________________________________________________

Esse foi o episódio Consultório MenosFios dessa semana, onde esperamos que seja útil para todo e qualquer pessoa que tenha um iPhone. Agora, pedimos que os nossos leitores a comentem e que contribuam com informações adicionais que julguem serem necessárias sobre esse mesmo tema.

Todas e quaisquer questões que gostassem de ver aqui respondidas devem ser colocadas no canal de comunicação exclusivo e dedicado ao Consultório Menos Fios.

Falamos do e-mail criado para esse fim: [email protected]. Este é o único ponto de recepção das questões que nos enviarem. Usem-no para nos remeterem as vossas questões, as vossas dúvidas ou os vossos problemas. A vossa resposta surgirá muito em breve.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui