Consultório MenosFios. Saiba o que fazer quando derramar líquido no seu computador

1443

Antes de qualquer incidente interiorize uma regra essencial na sua secretária ou setup de trabalho: copos com água ou outros recipientes com líquidos sem qualquer tampa são absolutamente proibidos de colocar ao pé de componentes eletrónicos como o computador portátil, teclados ou ratos.

Mesmo que certos periféricos tenham algumas proteções a contar com os utilizadores mais desastrados, um computador, por norma, não tem muitas proteções gerais e as entradas para ligações e orifícios de ventilação são portas “escancaradas” para que os líquidos entrem para dentro do equipamento e tomem contacto com os componentes e circuitos. E estando ligado, alimentando por eletricidade e bateria, a possibilidade de entrar em curto-circuito é elevado e acabar com um computador inutilizado.

Mas nem sempre um derrame significa a “morte” do computador. Se tiver sorte e reagir rápido, a probabilidade de o incidente não passar de um susto aumenta. Por isso, no Consultório MenosFios de hoje vamos mostrar algumas dicas práticas e lógicas que deve ter em conta em caso de derrame. Mas lembre-se: os reflexos rápidos valem metade dos pontos.

1 – Desligue de imediato o computador

Esteja a utilizar ou não o computador, o mais provável é o mesmo estar em modo de repouso. Significa que está ligado e alimentando, tal como se o estivesse a utilizar. Por isso deve mesmo desligar a sua energia, e não é retirar o cabo de alimentação ou procurar o comando “Encerrar” no Windows. É procurar o botão de energia e premi-lo durante alguns segundos até notar que o sistema foi abaixo. Sem energia, o perigo de curto-circuito diminui, garantindo dessa forma que também a bateria seja desligada.

2 – Retire todos os acessórios ligados ao portátil

Assumindo que retirou de imediato o cabo de alimentação, deve também desligar qualquer acessório que tenha encaixado no equipamento, tais como os cabos USB do rato, HDMI de ligar a outro monitor, pen drives, etc.

3 – Vire o computador ao contrário

Qualquer líquido que entre dentro do computador deve permanecer o mais afastado possível da motherboard e outros componentes vitais. Ao colocar de “pernas para o ar” o portátil, os líquidos vertem para a zona do teclado, diminuindo a probabilidade de se entranharem nos componentes. Mas atenção que deve fazê-lo com o computador aberto o máximo possível, para que a água não escorra para o ecrã.

4 – Remova a bateria do equipamento

Nem todos os computadores portáteis permitem remover a bateria, mas caso o seu equipamento seja de acesso rápido, não hesite em remove-la. Além de ser uma das formas de manter o computador com energia, uma bateria em curto-circuito poderá danificar o resto do sistema. Obviamente que apenas pode retirar a bateria com o computador devidamente desligado e sem o cabo de energia ligado.

5 – Limpar tudo o que puder com um pano seco

Nem todos os derrames são água e acidentes frequentes ocorrem com iogurtes líquidos e outros compostos que até podem não ser muito condutores, mas causam danos. Um iogurte deixa uma pasta espessa que pode secar e estragar algum componente. Por isso, todos os líquidos que conseguir facilmente aceder, não hesite e passe um paninho, de preferência com elevada capacidade de absorção. E se não tiver nenhum à mão, o papel higiénico pode ajudar. Em locais que fique pegajoso deve usar álcool embebido no pano para limpar.

6 – Não facilite: deixe o portátil dois dias a secar

O medo de ficar com o portátil avariado é elevado e a tendência vai ser “experimentar” se este liga, quando sente que tudo está seco, pelo menos ao olho nu. Lembre-se que pode haver algum salpico ou humidade em componentes que não tenha notado. Por isso, após ter a certeza que limpou ao máximo, deixe-o a secar num local seco, de preferência arejado para que apanhe o máximo de ar. Com sorte, será o suficiente para eliminar o que resta dos líquidos.

7 – Peça um diagnóstico a um técnico especializado

Se os derrames não forem graves e agiu rapidamente baseado nos pontos acima referidos, a probabilidade de o portátil ter sobrevivido é elevada. Talvez ficará descansado quando volta a premir a energia e vê as luzes a ligarem e o sistema a regressar à vida. Ainda assim, verifique se tudo está a funcionar bem, o sistema de refrigeração, os teclados, o ecrã, o áudio. Certamente que vai notar alguma falha se algo não estiver bem. Independentemente de ligar ou não, uma visita a um técnico ou loja especializada poderá ser uma boa ideia. Mesmo que o computador não ligue depois do “banho”, um técnico poderá ainda assim salvar a máquina.

______________________________________________________

Esse foi o Consultório MenosFios de hoje, onde pedimos que os nossos leitores as comentem e que contribuam com informações adicionais que julguem serem necessárias sobre esse mesmo tema.

Todas e quaisquer questões que gostassem de ver aqui respondidas devem ser colocadas no canal de comunicação exclusivo e dedicado ao consultório Menos Fios.

Falamos do email criado para esse fim: [email protected]. Este é o único ponto de receção das questões que nos enviarem. Usem-no para nos remeterem as vossas questões, as vossas dúvidas ou os vossos problemas. A vossa resposta surgirá muito em breve.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui