Desenvolvimento da produção nacional terá de passar pela tecnologia, sublinha especialista

1595

O desenvolvimento da produção nacional terá de passar pela tecnologia, segundo o Diretor de Desenvolvimento de Negócios da Agricultiva, João Germano e Silva.

O especialista que falava na V Conferência sobre Agricultura, abordou a grande necessidade de o país fomentar a produção nacional para atingir uma autonomia soberana na área alimentar, frisando o grande papel da tecnologia no sector.

A nossa visão, e onde pensamos que podemos ajudar, é na tecnologia. O governo angolano tem a intenção de, até 2027, multiplicar por 20 a produção de arroz, por 2 o milho e quase por 20 o sector da pecuária. Aumentar a produtividade por hectare essas culturas serão possível com tecnologia“, disse o gestor.

Ainda na sua abordagem, João Germano destacou que a sua empresa vai trazer “à equação e ao mercado a componente tecnológica e a componente do conhecimento transferido para a comunidade“.

Temos de criar condições intrínsecas para tomarmos conta da nossa produção e não dependermos sempre do exterior“, reiterou.

O evento reuniu vários especialistas do agronegócio, produtores, gestores públicos e privados, em particular do sector financeiro, para avaliar os resultados do financiamento ao sector produtivo, o crédito agrícola e os programas de fomento da agricultura familiar e de reforço das cadeias de distribuição e comercialização.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui