EMIS prevê lançar TPA-Express e “Kwık”

2777

A empresa de serviços interbancária (EMIS) prevê lançar, em breve, um aplicativo de terminais de pagamento automático,TPA-Express, uma nova opção para o segmento comercial.

À semelhança do Multicaixa Express, lançado em 2019, a EMIS prepara o TPA-Express, uma nova família dos TPAs, que poderá ser utilizado no telemóvel ou tablet, facilitando as atividades dos comerciantes nacionais, de acordo com o administrador da EMIS, Duano Silva.

Falando em conferência de imprensa no quadro das celebrações dos 21 anos dos serviços da Rede Multicaixa em Angola, assinalado esta terça-feira, disse que a empresa tem na forja um total de seis novos produtos.

Com o TPA-Express, os compradores efetuarão pagamentos no momento que adquirirem um produto em lojas físicas ou vendedores ambulantes.

Tão logo for lançado, o TPA-Express vai “disputar” em termos de uso, com os mais de 150 mil aparelhos de terminais de pagamento automático ativos em posse de empresas, incluindo as micro.

‘É só mais um produto da nova família de TPAs, não vai substituir os serviços atuais, mas sim modernizar aquilo que é a família de TPAs, com o surgimento do TPA-Express’, sublinhou.

No mercado, acrescentou, passará a existir comerciantes com TPA físico (o aparelho), que lê o cartão e o TPA-Express, que vai funcionar por meio de aplicativo que os interessados vão baixar nos telemóveis ou tablets, para receber pagamentos.

Num restaurante, a título de exemplo, disse que um comerciante poderá ter os dois serviços, independente do tipo de negócio que este exercer. ” É mais um produto que vai aumentar o leque de ofertas do comerciante“, refere o Duano Silva.

Kwık– Kwanza Instantâneo

No quadro da estratégia de bancarização da população, a EMIS vai também lançar o Kwık-Kwanza Instantâneo, que vai incluir as pessoas ainda fora sistema financeiro. O KWIK também já anunciado no mercado, é uma plataforma de interoperabilidade do sistema de transferências móveis e Instantâneas que vai permitir aos clientes de vários prestadores de serviços de pagamento fazer transações entre si.

A ferramenta vai trazer para o mercado de pagamentos operadores não bancários com vista a proporcionar soluções para a população não bancarizada. Dos dois produtos e outros quatro a serem anunciados pela EMIS estão em linha com o processo de inclusão financeira em curso em Angola.

A aposta da EMIS é continuar a contribuir para a massificação dos pagamentos e rumo à total digitalização dos pagamentos em Angola, com segurança, conveniência e confiança na sua utilização.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui