Estados Unidos recupera mais de 30 milhões de dólares em criptomoedas roubadas

858

As criptomoedas são um assunto do interesse de uma parte significativa dos utilizadores. No entanto nos últimos meses a situação não tem sido famosa para estas bandas, devido à desvalorização significativa de algumas das mais populares moedas digitais. Para além disso, algumas situações menos positivas têm marcado negativamente este setor.

Em março deste ano, por exemplo, o grupo de hackers norte coreano Lazarus foi acusado de ter roubado 625 milhões de dólares em criptomoedas ao popular jogo Axie Infinity. Mas agora, as informações reveladas pela analista Chainalysis indicam que os EUA recuperaram uma parte desse valor roubado, num total de 30 milhões de dólares através da Federal Reserve System (Fed).

Recordamos que o Axie Infinity é um jogo que permite ganhar dinheiro na forma de NFT (Non-fungible Token ou Token não-fungível) e foi criado em 2018 pela Sky Mavis, empresa sediada no Vietname. Mas os ‘hackers’ exploraram as fraquezas da estrutura criada pela Sky Mavis durante o ciberataque ao Axie Infinity.

MAIS: Hackers usam Google Tradutor para infetar computadores com malware de mineração

Segundo os detalhes, foi possível recuperar parte desse valor furtado através de algumas técnicas de ofuscação. Mas a empresa garante que não foi uma tarefa fácil, uma vez que o grupo de hackers usou mais de 12.000 endereços criptográficos exclusivos com vários ativos criptográficos. Usaram ainda um mixer de criptomoedas designado Tornado Crash. Mas essa aplicação foi sancionada pelos EUA, o que forçou os hackers a usarem técnicas alternativas, o que ajudou a tornar mais fácil o processo de recuperação do dinheiro.

O valor recuperado apenas corresponde a 12% do total roubado, mas já é uma conquista muito importante. E com as inovações neste mercado, será cada vez mais difícil que os hackers consigam realizar um ataque 100% bem sucedido, tal como afirma Erin Plante, diretora de pesquisa da Chainalysis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui