Hackathon: Conheça a maratona dos programadores

0
1258

hackathons

Hackathon, termo que resulta da combinação entre Hack + Marathon, consiste num evento onde programadores, designers e outros intervenientes no processo de desenvolvimento de um software, irão colaborar intensivamente para desenvolverem um projecto num curto tempo.

Este termo surgiu através da popularização algumas empresas de desenvolvimento de software, no caso a primeira delas foi Sun MicroSystems. Em 1999 os desenvolvedores do projecto OpenBSD juntamente com a equipa de Marketing da Sun criaram este termo que mais tarde foi usado pelos participantes de uma conferência onde haviam sido desafiados a criarem um software na linguagem programação Java para a empresa Sun Microsystems.

NÃO É APENAS UM EVENTO DE PROGRAMADORES

O Hackathon tem características únicas que o diferenciam de outros eventos para programadores e que o tornam numa actividade apenas para pessoas que conseguem trabalhar sobre muita pressão enquanto resolvem problemas técnicos. Isto acontece devido ao curto tempo da maratona, dependendo do tema do hackathon existem alguns que duram 8 horas, 24 horas e existem aqueles que chegam a 168 horas, ou seja, uma semana.

Nas equipas além do programador é comum existirem designers gráficos, designers de interface e gestores de projecto. Todos eles devem trabalhar para apresentar um produto inovador a mesa de jurados que elege um vencedor.

A ESTRUTURA DAS MARATONAS

Hackathon

Para acolher todas as equipas participantes do Hackhaton é necessário um local amplo com um ambiente amigável para os desenvolvedores, ou seja, diversas mesas disponíveis para que cada equipa consiga se focar no seu projecto, conexão decente a internet, energia electrica distribuida por extensões e os items indispensáveis comida e bebida, porque apesar dos  participantes trabalharem como maquinas durante horas eles ainda são seres humanos com necessidades básicas.

O evento necessita de um corpo de jurados que fazem um dos trabalhos mais difíceis: escolher os vencedores. Parece simples mas cada equipa dá o “litro” para apresentar um protótipo de qualidade ao corpo de jurados, deste modo a escolha de um vencedor torna-se complicada.

O DESENVOLVIMENTO DA MARATONA

Apôs a apresentação do evento, as ideias são sugeridas pelos participantes e equipas são criadas baseando-se nos interesses em comum e habilidades dos membros. Com as equipas formadas o trabalho árduo para apresentar um produto no fim da maratona começa. Como algumas maratonas têm 24 horas de duração ou mais, é normal que alguns membros da equipa adormeçam no meio ou comam normalmente fast foods como pizzas e consumam bebidas energéticas como Red Bull durante o trabalho. No final é dado tempo para que cada equipa possa fazer a apresentação do seu projecto e claro é anunciado os vencedores.

ENQUANTO ISSO EM ANGOLA

codeAngola

Até agora não há relatos de Hackhatons organizados para o publico desenvolvedore em Angola, mas é possível que certos grupos restritos já o tenham feito, como no caso das Universidades. Mas nem tudo são más noticias porque dois eventos já confirmados irão incluir maratonas de hack, ou seja, Hackathons, o primeiro será o Luanda Developer Day em Dezembro do ano corrente que será organizado pela Associação Startup Angola e o outro será na Conferência dos desenlvedores angolanos em 2014 muito conhecida nas redes sócias por #CONDESA2014 que será organizada pelo AngoDev. Então, desenvolvedores que se preparem para as maratonas.

Maratonas deste gênero são importantes porque testam as capacidades dos desenvolvedores até ao limite e delas podem nascer grandes projectos como é caso do GroupMe, aplicativo mobile para envio de mensagens em grupo que nasceu num Hackathon realizado em 2010 pela TechCrunch, com apenas um ano de funcionamento foi adquirido pelo Skype  a 80 milhões de USD.

Fonte: Wikipédia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here