Huawei garante tornar África “mais avançada e conectada”

0
827

A Huawei considerou o mercado africano, onde opera há mais de duas décadas, como um dos mais importantes para o seu negócio e garante investimentos tecnológicos, sobretudo na educação para tornar África mais avançada e conectada.

Já entrámos no mercado africano há mais de 20 anos e tratamos este mercado como um dos mais importantes da nossa empresa e achamos que a educação, especialmente o ensino superior, é uma pedra fundamental para o desenvolvimento de cada país”, afirmou em Luanda, o presidente rotativo da Huawei, Eric Xu.

Xu avança que a Huawei vai continuar a investir em termos de uso da tecnologia de computing, de inteligência artificial, de conectividade, da rede de comunicação para facilitar a comunicação e o ensino e, no futuro, a empresa chinesa pretende investir mais nesse aspeto para construir uma África mais conectada e mais avançada.

Eric Xu falava hoje, em Luanda, no final da cerimónia de assinatura de um memorando de entendimento entre a Huawei e o Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI) de Angola.

A Huawei está a construir um parque tecnológico em Luanda orçado em 60 milhões de dólares “para continuar a servir e acompanhar o desenvolvimento tecnológico de Angola”. Eric Xu recordou que o mercado angolano, onde opera desde 1998, foi uma das primeiras portas de entrada da operadora no continente africano, garantindo que o parque tecnológico de Luanda terá inúmeras valências.

“Vamos ter no parque três centros principais, nomeadamente para a formação de parceiros e clientes, um de inovação, para entidades públicas e privadas e ministérios, e um centro de experiência para acompanhar e trazer as tecnologias mais novas e avançadas no mercado angolano”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here