[Jogos] Microsoft volta atrás em relação á Xbox One

0
2094

O vosso feedback conta“, é esse o nome que a Microsoft deu ao anúncio que fez ontem no Xbox Wire, e o título não podia ser melhor. Depois dos milhares de críticas contra alguns dos detalhes mais polémicos da nova Xbox e acima de tudo a forma de como a Sony se aproveitou destes para quase que arrasar com a Xbox One, a empresa de Bill Gates teve que mudar de estratégia e conseguiu transformar parte do  desastre publicitário que foi a E3 em publicidade positiva:

 Desde que revelamos os nossos planos para a Xbox One, eu e a minha equipa ouvimos directamente de vocês, lemos os vossos comentários e escutamos os vossos feedbacks. Eu gostaria de aproveitar a oportunidade para agradecer o vosso apoio ao ajudarmos a reestruturar o futuro da Xbox One.” escreveu Don Mattrick neste artigo. ” Vocês disseram nos o quanto vocês amam a flexibilidade que vocês têm hoje em dia com jogos em discos. A habilidade de emprestar, partilhar e revender estes jogos da forma que vocês quiserem e da importância incrível que isso tem para vocês. Para vocês também é importante a liberdade de poderem jogar offline, durante qualquer quantidade de tempo, em qualquer lugar do mundo.

Xbox-mattrick-wide-620x349

Resumidamente a Xbox One :

  • Não precisará de ser conectada online de 24 em 24 horas. Após da instalação inicial a Xbox One poderá correr jogos em DVD offline normalmente. O mesmo se irá aplicar a jogos digitais , após o seu download e a sua activação
  • Aceitará a utilização de jogos em segunda mão. Isto significa que poderemos “emprestar, partilhar e revender” os jogos da Xbox One a vontade. Mas isso só poderá ser feito com jogos em DVD visto que os digitais só poderão ter um dono.
  • Aceitará jogos de outras regiões. Ao contrario do que estava planeado a nova Xbox aceitará jogos de qualquer região, ou seja aqui em Angola poderemos jogar jogos comprados no Dubai por exemplo, o que não seria possível se os planos se tivessem mantido.xbox_one

Apesar de ser bastante aparente que a Xbox One iria perder a batalha contra a PS4 e podia até chegar a ser ultrapassada pela Wii U, os seus criadores pareciam decididos em manter a sua estratégia contra tudo e contra todos visto que ainda recentemente disse que quem queria jogar Xbox offline que comprasse a Xbox 360. A mudança de discurso em poucos dias é no mínimo curiosa e leva muitos a querer que não tem tanto haver com as vozes dos jogadores que se ergueram contra a consola mas sim com o facto da PS4 não ter aderido também á DRM ( Digital Rights Management ou Gestão de Direitos Digitais em português), o que praticamente deitou abaixo os planos das produtoras de jogos. Felizmente parece ter acabado o período em que a Microsoft ficou do lado das produtoras no que toca ao combate ao tráfego de jogos em segunda mão. Quem ganha com isto somos nós os jogadores que passam a ter no mercado uma forte concorrente a PS4 o que  apenas significará um aumento da qualidade dos jogos e dos serviços de ambas as consolas tal como aconteceu quando a PS3 foi lançada para fazer concorrência a Xbox 360.

Fonte : Xbox Wire

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui