É lançado na China o primeiro smartphone com leitor de impressões digitais no ecrã

3952

Enquanto muita gente pensava que a Apple ou Samsung seriam as primeiras empresas a colocarem um leitor de digitais integrado no ecrã de um smartphone, a fabricante chinesa Vivo mostrou o seu primeiro aparelho com a tecnologia na CES 2018.

Chamado de X20 Plus UD, possui ecrã AMOLED de 6,43 polegadas com resolução Full HD+ (2160 x 1080) e proporção 18:9. Entre o vidro e o display, fica o leitor de impressão digital da Synaptics. Ele pode desbloquear o aparelho em torno de 0,6 a 0,7 segundo, e funciona com as mãos molhadas, secas ou frias.

Teve a sua pré-venda aberta no dia 24 de janeiro, do ano em curso, na China, mas ainda não possui um lançamento previsto para o resto do mundo. Tem um processador Snapdragon 660, 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento expansível por microSD. A bateria de 3.905 mAh possui suporte a carregamento rápido.

O smartphone da Vivo começa a ser entregue aos consumidores na China em 29 de janeiro. O X20 Plus UD chega a custar 3.598 yuanes na pré-venda, equivalente a cerca de AOA 116.152.