Lesoto e Zimbábue implementam sistema de monitoramento de tráfego de telecomunicações

0
2966

A agência regulatória das comunicações no Lesoto (LCA- sigla em inglês), e a Autoridade Reguladora de Correios e Telecomunicações do Zimbábue (POTRAZ- sigla em inglês), começaram a implementação de um sistema para monitorizar o tráfego nacional e internacional de telecomunicações.

Espera-se que o sistema ajude a aumentar a garantia de receita, combater a fraude de rede e reforçar a integridade do faturamento em todas as redes de comunicação disponíveis nos países e será fornecido pelo desenvolvedor de tecnologia regulatória e organização de Big Data Analytics Global Voice Group (GVG).

“Com essas parcerias, a GVG permite métricas de telecomunicações sólidas para fins de cobrança de impostos, detecção de fraude e conformidade do mercado com as regulamentações para proteger consumidores e operadoras no Lesoto e no Zimbábue”, disse James Claude, CEO da GVG.

“A solução RegTech fornecida pela GVG aprimora as capacidades de supervisão do LCA e do POTRAZ para o benefício de todas as partes interessadas, incluindo o Estado, a indústria e todos os cidadãos. Ao permitir que os reguladores vejam, em tempo real, o que realmente está acontecendo no setor de telecomunicações, melhora drasticamente a governança de um setor que desempenha um papel importante no desenvolvimento socioeconômico dos dois países.”

O estabelecimento e execução do Sistema de Monitoramento do Tráfego de Telecomunicações no Zimbábue faz parte da agenda estratégica para adoção de novas tecnologias no marco regulatório do país.

No continente africano, tem havido uma lenta, mas gradual adoção de soluções tecnológicas por agências regulatórias e autoridades para auxiliá-las no seu papel de supervisão. O passo dado pelas agências reguladoras no Lesoto e no Zimbábue é um passo adiante no sentido de tornar as suas funções de supervisão mais robustas e eficientes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here