Mobility Report: Mais de dois milhões de pessoas terão acesso a redes 5G no final de 2021

0
1825

A Ericsson lançou o seu mais recente relatório Mobility Report, onde revelou que em 2027, o 5G poderá representar cerca de 50% de todas as assinaturas móveis a nível internacional, abrangendo 75% da população mundial e representando 62% do tráfego global de smartphones.

Segundo o prestigiado relatório, a Ericsson prevê que 5G o se torne na geração móvel de implementação até à data, alcançando a marca dos 660 milhões de assinaturas 5G globais. Essa expansão deve-se a uma procura maior do que a esperada na China e na América do Norte, impulsionada em parte pela diminuição dos preços dos dispositivos com suporte a redes de quinta geração.

MAIS: Por que os países africanos devem apostar no 5G ?

Para os especialistas da empresa tecnológica, no terceiro trimestre de 2021, foi possível registar uma subida de 98 milhões de assinaturas 5G globais face a 48 novas subscrições de 4G. Ao todo, até ao final deste ano, espera-se que mais de dois mil milhões de pessoas tenham acesso a redes 5G.

Ao longo dos últimos 10 anos, a implementação de redes LTE 4G permitiu a criação de 5,5 mil milhões de novas ligações de smartphones a nível mundial, contribuindo ainda para mais de 20.000 modelos de dispositivos 4G diferentes disponíveis no mercado.

Foi ainda revelado que, em comparação com o 4G, os aparelhos com suporte a redes 5G têm um ciclo de vida muito mais precoce. Os equipamentos 5G representam atualmente 23% dos volumes globais. Por contraste, os dispositivos 4G representavam apenas 8% no ponto homólogo do seu ciclo de vida.

O tráfego de dados móveis também tem vindo a crescer exponencialmente. Ainda no terceiro trimestre de 2021, o tráfego de dados de redes móveis, incluindo aquele gerado por serviços de Acesso Fixo sem Fios (FWA), registou uma subida de 42% em comparação com o período homólogo, aproximadamente 78 EB.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui