Moçambique: Governo e parceiros abordam política de ciência, tecnologia e inovação

0
445

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Moçambique (MCTES), juntamente com parceiros e Instituições de Ensino Superior daquele país discutiram, no mês de Abril, a política de ciência, tecnologia e inovação para verificar, harmonizar e validar as propostas dos instrumentos programáticos produzidos.

Segundo o Inspector-Geral do MCTES, Fernando Niquice, que falava na abertura do evento, disse que o instrumento tem como objectivo guiar as acções dos actores e intervenientes no sistema nacional da ciência, tecnologia e inovação de Moçambique para contribuir no progresso e social que se pretende para o país, além dos reflexos no bem-estar da população.

MAIS: Moçambique: Ministério da Ciência e Tecnologia propõe revisão do Ensino Superior no país

Niquice adiantou ainda que a avaliação do instrumento indica que apesar de se terem registados avanços no domínio da ciência e tecnologia, bem como a entrada em vigor dos instrumentos, embora que haja alguns desafios.

A inovação, em particular, é o motor destas transformações. Qualquer país que almeje um desenvolvimento rápido e gere benefícios para sua população, deve concentrar suas políticas nesse domínio.

Por outro lado, para a Directora Nacional-Adjunta de Ciência, Tecnologia e Inovação de Moçambique, Lúcia Silva, esse fórum constitui assim uma oportunidade para que os intervenientes chegassem a consensos que conduzam à validação da versão preliminar da política de ciência, tecnologia e inovação, com o objectivo de os enquadrar na conjuntura actual da pesquisa, inovação e desenvolvimento tecnológico nacional, regional e internacional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui