Nova actualização vai deixar o Facebook mais rápido mesmo em redes lentas

0
1457

facebook.290x195x

Pelo que tudo indica ainda esta semana começaremos a receber uma nova actualização para o aplicativo do Facebook instalado nos nossos Smartphones, tenham eles o sistema Android ou iOS. Essa actualização que prometem deixar seu aplicativo mais rápido, isso deixará feliz especialmente os países emergentes da África que actualmente tem as conexões mais lentas de Internet como Angola.

Essa actualização poderá trazer duas grandes melhorias:

  1. A primeira diz respeito aos comentários: depois desta actualização ser realizada, os usuários poderão começar a deixar os seus comentários nas publicações dos seus amigos ou páginas mesmo quando a Internet estiver “com falhas”, quando a Internet ficar restabelecida, automaticamente o Facebook tornará o seu comentário visível ou publicado (o que não acontece actualmente ).
  2. A segunda diz respeito ao Feed de Noticias: Facebook já efectua normalmente o download de algumas publicações para o seu smartphone de modo que o usuário consiga ver mesmo quando está sem Internet. Com essa actualização as publicações que o usuário ainda não tinha visualizado vão ser apresentadas sempre que sua Internet não estiver boa o bastante para ver publicações novas.

Segundo a (Gerente de Produtos Global do Facebook) Chris Marra, tornar a navegação mais rápida é uma das principais preocupações do Facebook, por isso, essa nova actualização especialmente voltada a países como Angola, onde a oferta de dados das operadoras nem sempre é confiável.

Importa ainda salientar que não é necessário os usuários se preocuparem com o uso de memória RAM ou espaço interno de armazenamento. A actualização apenas mudará a forma como o Facebook lida com arquivos que já estão disponíveis no seu smartphone, sem precisar fazer o download de qualquer extra ou executar mais tarefa pesada.

É bem notável o esforço do Facebook em expandir a Internet em todo mundo, principalmente aos Países emergentes, Angola é um bom exemplo, com acesso ao projecto internet.org  com o qual os utilizadores de Cabinda ao Cunene têm acesso grátis a esta rede social.

 

Gostou desta novidade?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here