Primeiro-ministro australiano recomenda reiniciar smartphones todos os dias

1119

Existem várias dicas de cibersegurança que podem ser adotadas para garantir mais segurança num mundo digital. A de reiniciar os dispositivos de tempos a tempos é uma delas, mas recentemente, o primeiro-ministro da Austrália deixou uma “dica” algo inesperada.

Segundo o portal The Guardian, Anthony Albanese recomendou recentemente os utilizadores a não apenas reiniciarem os seus smartphones de tempos a tempos, mas a manterem os dispositivos desligados durante, pelo menos, cinco minutos a cada 24 horas.

Durante o evento onde foi nomeado o primeiro coordenador nacional de segurança cibernética da Austrália, Albanese referiu que o país necessita de ser mais proativo a impedir os diversos riscos digitais. O mesmo afirma que é necessário mobilizar o setor privado, bem como os consumidores, a adotarem práticas de segurança.

Em entrevista, o mesmo terá referido que “todos nós temos uma responsabilidade. Coisas simples: desligue o telefone todas as noites por cinco minutos. Para as pessoas que estão assistindo, façam isso a cada 24 horas, enquanto escovam os dentes ou o que quer que estejam fazendo.”

O ministro afirma ter conhecimento de pessoas que podem nunca desligar os seus smartphones, ou mantém o mesmo ativo durante meses. Muitos nem sabem que os seus dispositivos podem manter aplicações em segundo plano, que apenas são “limpas” quando o dispositivo é realmente reiniciado.

A ideia de reiniciar os smartphones como sendo uma prática de segurança pode parecer estranha, mas a verdade é que não é inteiramente nova. A Agência de Segurança dos EUA já tinha deixado, no passado, a indicação de que uma das formas de prevenir ataques passa exatamente por reiniciar os dispositivos que os utilizadores usam no dia a dia, de forma regular.

No caso dos smartphones, a recomendação é uma vez a cada semana. Esta prática pode ajudar a remover algum género de malware que se encontre nos dispositivos, mas que não seja instalado diretamente no mesmo – mas sim que permanece na memória. E, em geral, é sempre boa prática realizar o reinício dos dispositivos, nem que seja apenas para ajudar a “limpar” o mesmo e começar de fresco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui