Professor ganês que ensinava computação no quadro ganha computadores

1923

No Gana, um o professor de nome Richard Appiah Akotoensinava computação com apenas um quadro e alguns pedaços de giz coloridos, o professor desenhou uma página de Microsoft Word para ensinar seus alunos, e publicou com uma imagem do quadro nas redes sociais.

A escola em que Akoto trabalha, chamada Betenase M/A Junior High School, não tinha um computador desde 2011. No entanto, os alunos são obrigados a participar de um exame nacional onde questões sobre tecnologia são exigidas para passarem de classe.

Depois de muitos comentários e partilhas por parte do público, várias pessoas e organizações decidiram fazer doações de computadores e notebooks para sua escola. O Professor recebeu um notebook enviado pelo estudante de doutorado da Universidade de Leeds, no Reino Unido, Amirah Alharthi.

“Estou a pensar em quantas pessoas geniais o mundo já perdeu porque não tinham oportunidades justas em comparação com outras e isso me deixa muito triste”, afirmou o Amirah Alharthi”.

Dias depois, cinco computadores teriam sido doados para a escola pela NIIT, uma escola de treinamento em computação localizada em Accra, capital do Gana, junto de um laptop para uso pessoal do Prof.

A repercussão das aulas do professor foi tão grande que a sua história chegou até a empresas como a Microsoft. Onde foi convidado a participar de um encontro global de educação, que foi realizado em Singapura.
Isso é mais umas das provas de que, as redes sociais podem servir de voz para que o mundo saiba de certos problemas que uma sociedade se encontra.