Tudo sobre o Laranjinha 1 da Unitel

4183

Unitel Laranjinha 1

Hoje começamos uma nova rubrica de reviews de produtos utilizados pelos nossos utilizadores ou não, com o objectivo de dar a conhecer melhor alguns dos itens de tecnologia que são utilizados no nosso país.

Foi difícil a escolha do primeiro item, mas se levarmos em consideração que o mesmo está na mão da maioria das pessoas que tem um telemóvel, a escolha tornou-se mais fácil e óbvia. Assim sendo, iremos começar a nossa rubrica de hoje com o querido Laranjinha 1 da Unitel, que além de um produto largamente utilizado em Angola, é de uma marca Angolana.

O Laranjinha 1

Tal como o nome indica este foi o primeiro laranjinha lançado pela Unitel. O mesmo saiu em 2012 (já é um kota no nosso mercado) e podemos considerá-lo um feature phone, ou seja, não é smartphone, mas além de funções de telemóvel, também possui outras funções como agenda, jogos, leitor de música, etc. Não possui um acabamento Premium, mas também esse não foi o objectivo da Unitel quando lançou o Laranjinha 1. O objectivo deste telefone foi oferecer aos seus clientes um telemóvel de baixo custo e simples.

Tela, Processamento e Armazenamento

O Laranjinha 1 tem uma tela TFT de 1.8 polegadas colorida, uma resolução de 128 x 160 pixels e uma densidade de pixels de 262K. Isto significa que o telemóvel não exige tanto processamento para poder exibir os seus gráficos já que não são em alta definição. Assim sendo o telemóvel tem uma memoria RAM de 8MB que serve perfeitamente para executar todas as funções do telefone, que nunca se engasgou em nenhum dos testes que efectuamos.

Unitel Laranjinha 1

O telemóvel possui 2MB de armazenamento interno, que dá para pouco mais de 100 SMS ou 100 contactos. Mas existe a possibilidade de expansão da mesma via cartão MicroSD que poderá chegar até a um máximo de 16GB. Este espaço extra possibilita já algum espaço para musicas, fotos e vídeos que a memória interna quase não permite.

Câmara, Conectividade e Aplicativos

Não esperem uma câmara com qualidade superior num telemóvel de baixo custo. Por isso, o Laranjinha vem equipado com uma câmara VGA com resolução de 640×480, ou seja, uma resolução próxima dos 0.3 megapixels.

Unitel Laranjinha 1

O telemóvel trabalha com redes 2G, portanto não tem acesso a redes de dados como 3G ou 4G. Também não possui ligação de internet, mas vem de origem com conexão Bluetooth 3.0. Assim sendo, esqueçam a partilha de fotos pelo facebook ou outro aplicativo, já que não é possível instalar novos aplicativos no telemóvel.

Bateria, Dimensões e SIM

Se você está a procura daquele telefone que não te deixa na mão quando o seu objectivo é telefonar e não ficar sempre se bateria, então o Laranjinha é o telefone certo para si. Com uma bateria de 400mAh, permite 300 horas em standby (espera), 4 horas de conversação e até 3,5 horas de música. Portanto, fique descansado que você poderá ficar longe das tomadas e a procura de algum carregador por algum tempo.

Unitel Laranjinha 1

Como qualquer telemóvel deste género a bateria é removível podendo encontrar nesse espaço as entradas para 1 cartão SIM e um cartão de memória MicroSD. Na mão notamos que o Laranjinha 1 é um telemóvel pequeno e cabe perfeitamente na sua mão e em qualquer bolso da sua calça. Tem apenas 107.5 por 44.8 mm, 13.3 mm de espessura e apenas 62g de peso.

Preço

O Laranjinha 1 foi lançado em 2012 com o preço oficial de 2.500AKz. Actualmente o seu preço é de 5.500AKz nas lojas oficiais da Unitel, ou pode variar entre os 6.000 e os 8.500AKz em outros vendedores não oficiais.

Veja abaixo o quadro com todas as especificações técnicas do telemóvel:

Unitel Laranjinha

Opinião Final da MenosFios

Se você esta a procura de um telemóvel de baixo custo que seja acima de tudo um telemóvel para fazer chamadas, que lhe mantém distante das tomadas e seja um “pau para toda a obra” então o Laranjinha 1 funciona para si. Portanto, é um telemóvel ideal para quem procura um preço baixo, algumas funções do dia a dia sem contar com grandes ecrãs e processamento poderoso. Há ainda aqueles extras que dão aquele “algo mais” quando estamos a falar de uma telemóvel tão simples como o Laranjinha 1, como lanterna (que muita falta faz na nossa cidade), rádio FM, leitor de MP3 e muito mais.

A autonomia da bateria é sem dúvidas um dos pontos fortes do laranjinha, que torna este telemóvel num verdadeiro equipamento para  o dia à dia. Se tiver dois “chips” (cartões SIM), uma sugestão é utilizar um smartphone para um dos “chips” e o outro estar activo com um laranjinha. Na nossa opinião, ao preço oficial da Unitel, é um óptimo telemóvel para se comprar.