UNITEL Go Challenge. Conheça as startups finalistas da edição 2022 do concurso

1571

Já são conhecidas as startups finalistas da edição de 2022 do UNITEL GO Challenge, concurso inovador da operadora de telefonia móvel UNITEL e que pretende identificar as melhores startups de negócios digitais do País, assim como potenciar o Ecossistema Digital de Angola.

Confira as startups selecionadas para a final que acontecerá no próximo dia 23 de Setembro, com transmissão televisiva na Televisão Pública de Angola (TPA), e onde o vencedora ganhará 4 milhões de kwanzas em investimentos.

Arotec. Projecto inovador angolano que torna dispositivos e softwares inteligentes da próxima geração uma realidade por meio de engenharia criativa e colaborativa, combinando as melhores mentes com a melhor tecnologia.

Baika. Plataforma de serviços on-demand que conecta utilizadores de dispositivos electrónicos com alguma avaria a técnicos cadastrados na plataforma para efectuar o serviço. Tudo é feito através de um aplicativo, onde o cliente faz o self diagnóstico e pagamento, depois aguarda o técnico que vai ao seu encontro para efectuar o serviço desejado.

BukaAp. Plataforma de educação que conecta aqueles que amam ensinar com aqueles que precisam aprender. Onde formadores e instituições criam, gerem e postam os teus cursos e os estudantes podem inscrever-se nos mesmos, (uma plataforma em constante desenvolvimento com o objetivo de apresentar as melhores oportunidades de formação).

Click Agro. Startup angolana desenvolvida com objectivo para dar suporte ao agronegócio em Angola especialmente no sector de comércio e distribuição de produtos agro. Assenta num modelo de negócio B2B e B2C.

MAIS: UNITEL realiza bootcamp sobre o UNITEL GO Challenge

EcoJango. Startup  que tem como objectivo fornecer soluções ambientais, sustentáveis e climáticas fiáveis e eficientes em termos de estratégia e impacto social, com base na realidade angolana.

KulaKids. Plataforma digital que permite avaliar e acompanhar o desenvolvimento de crianças na 1ª infância. O serviço oferece ainda dicas e conteúdos úteis para pais, encarregados de educação, educadores e cuidadores.

Nawa Tours. Plataforma que se dedica a distribuição e venda de pacotes de passeios turísticos nacionais para pessoas individuais, famílias e empresas.

Narisrec. Plataforma online “e-waste” de gestão e comercialização de residuos electrónicos.

YetuBit. Exchange Angolana de Criptomoedas em Construção.

Panorama. Startup angolana dedicada a produção de dados, informação e conhecimento sobre mercados, sociedade e economia nacional.

De informar que as candidaturas estiveram abertas a todos os empreendedores e desenvolvedores de Angola assim como angolanos residentes na diáspora, com a possibilidade ao concorrente de apresentar o seu projecto de forma individual ou em grupo de até 5 elementos, sendo obrigatória a submissão de um protótipo funcional (ex. Aplicação móvel, Website ou outra Tecnologia Digital).

Na última edição do concurso a grande vencedora foi a startup Paga3, fintech prestadora de Serviços de pagamentos que oferece a seus clientes o modelo de pagamentos de produtos e serviços parcelados com entrega imediata.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui