Web Summit 2022 arranca hoje com três startups angolanas no evento

1451

A sétima edição do Web Summit arranca hoje em Lisboa e prolonga-se até sexta-feira, contando este ano com mais de 70.000 participantes, 2.630 ‘startups’ e empresas, 1.120 investidores e 1.040 oradores.

O presidente executivo do Web Summit, Paddy Cosgrave, disse recentemente à Lusa que este ano há “muitas coisas”, desde “a escala”, passando pela “venda [dos bilhetes que ficaram esgotados mais cedo do que nunca], há três semanas“.

Na edição deste ano a questão da cibersegurança vai estar em debate, já que continua a ser “um grande problema”.

Não apenas do ponto de vista de segurança individual, das palavras-chave de cada indivíduo e dos portáteis e dispositivos, “mas também a cibersegurança” a nível do país.

Em termos de ‘startup’ angolanas presentes no evento, o país vai estar presente com as startups  Narisrec, cleantech prestadora de serviços de gestão e comercialização resíduos eletrónicos, Arotec e Kula Kids, todas com o selo da Unitel.

MAIS: Saiba tudo o que esperar na edição de 2022 do Web Summit

Relativamente às expectativas para esta edição, Cosgrave disse que vai ser “de longe a mais movimentada de todos os tempos“, salientando que o espaço de expositores cresceu “60%“, tal como aumentou “drasticamente” o espaço ao ar livre.

Recordou que outros eventos no mundo acabaram, na sequência da pandemia, mas que o Web Summit está de volta mais ocupada do que nunca.

O Web Summit é uma conferência anual de tecnologia, realizada em Lisboa desde 2016 e é considerada um dos maiores e mais importantes eventos de tecnologia do mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui