Angola a tornar-se dos primeiros países a receber ajuda da Organização Internacional de Aviação

0
542
Passenger airplane taking off at sunset

Angola tornou-se um dos primeiros países do mundo a beneficiar da ajuda “Corredor Sanitário” da Organização Internacional da Aviação Civil (ICAO), onde vai receber material, apoio, formação e outros recursos.

Segundo o que foi revelado pela instituição que reúne as companhias aéreas, o pacote de benefícios é uma “das principais ferramentas de recuperação da pandemia fornecida pela ICAO aos governos nacionais, e que servirão como recursos fundamentais de combate à pandemia durante os esforços de recuperação do sector do transporte aéreo“, e onde é composto de “de material de orientação, apoio de peritos, formação e outros recursos, correspodendo às últimas recomendações do grupo de trabalho do conselho da ICAO para a recuperação da aviação, da Organização Mundial da Saúde e de outros contribuintes para o Manual de Testagem e Medidas transfronteiriças de Gestão de Risco“, continua o comunicado.

MAIS: Restruturação do sistema de navegação aérea nacional vai custar 25 milhões de dólares

Para Juan Carlos Salazar, Secretário-Geral da ICAO, citado no comunicado, diz que “permite aos Estados melhorar a preparação e as respostas a eventos de saúde pública, e mais especificamente a darem passos para estabelecer corredores definidos entre destinos especifícos que têm implementadas medidas completas de saúde e segurança“.

O conjunto de medidas vai servir para “recursos fundamentais globais contra a pandemia durante os esforços de recuperação do transporte aéreo, em áreas incluindo a gestão do risco de segurança, facilitação de passageiros e cargos, segurança da aviação e segurança”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui