Início Angola Angola inicia testes de ligação por fibra óptica com a Zâmbia

Angola inicia testes de ligação por fibra óptica com a Zâmbia

0
Angola inicia testes de ligação por fibra óptica com a Zâmbia

O Governo angolano vai, a partir de hoje, dar início aos testes para a ligação com a Zâmbia, por fibra óptica, revelou, em Luanda, o ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social.

Mário Oliveira fez a revelação durante uma visita da delegação dos Comités de Contas Públicas da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADCOPAC), encabeçada por Warren Chisha Mwambazi. Em declarações à imprensa, no final do encontro com a comitiva, o ministro salientou que o processo faz parte desiderato de transformar Angola num hub das telecomunicações.

Lembrou que Angola já tem ligações de fibra óptica com a República Democrática do Congo (RDC) e, neste momento, está a preparar a conexão com a República do Congo. “Estamos em condições de, paulatinamente, atingir esse grande desiderato que faz parte do nosso objetivo no sector das Telecomunicações, Tecnologia de Informação e Comunicação Social”, sublinhou.

Sobre a visita da delegação dos Comités de Contas Públicas da SADC, Mário Oliveira referiu que o seu Ministério procurou informar o que o sector das Tecnologias de Informação e Comunicação Social tem feito, bem como acerca da utilização dos recursos públicos relacionados com os projetos que aquele órgão do Estado está a desenvolver. “Os projetos desenvolvidos têm dado grandes contributos para o desenvolvimento da economia”, regozijou-se.

O ministro fez saber, por outro lado, que as telecomunicações e tecnologia de informação desempenham um papel importante no ecossistema para o desenvolvimento das nações. Neste contexto, avançou, o sector da comunicação social efetua esse papel, pois, segundo ele, não basta haver, por exemplo, tecnologia, mas é preciso que os cidadãos estejam necessariamente informados.

Ainda no âmbito do encontro com a delegação da SADC, Mário Oliveira deu a conhecer sobre o Projeto Espacial Nacional, tendo se referido concretamente ao AngoSat-2 como um dos expoentes da tecnologia. Neste quesito, acrescentou que com o satélite em órbita, o país pode oferecer “bastante” em termos de comunicações na região da SADC.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui