Angola sentirá os benefícios do cabo submarino SACS em Agosto

3726

Em Fevereiro do ano corrente, o cabo submarino SACS chegou finalmente ao Brasil, antes disso, em Outubro de 2017 o mesmo cabo já encontrava-se na parte Angolana, colocando assim o pais no centro das comunicações em África.

De certeza que muitos angolanos estiveram a aguardar pelos benefícios que o SACS irá trazer, e pelos vistos está mais próximo de acontecer, já que foi dada a garantia que o mesmo estará funcional em Angola a partir de Agosto.

Pois é, os serviços de Internet resultantes do cabo de fibra óptica que liga Angola e Brasil estarão disponíveis no mercado angolano a partir do próximo mês de Agosto. Essa garantia foi avançada por Artur Mendes (Director Comercial e Marketing da Angola Cables), salientando que, quando se concluir o processo de ligação do cabo, haverá maior rapidez na utilização dos serviços de Internet existente no país.

O responsável acredita que mais de 50% dos utilizadores angolanos vão poder sentir os benefícios de melhoria dos serviços de Internet no país. Afirmou ainda que, a ligação do cabo de fibra óptica entre África e América do Sul possibilitará uma conexão mais rápida, pois anteriormente a ligação era feita Europa/Estados Unidos de América/ Brasil.

O cabo submarino (SACS), constituído por 72 repetidores, prevê ter uma capacidade de 40 terabits/segundo, 10 terabits/cada par de fibra e vai melhorar o funcionamento de ligação da conexão entre Angola e Brasil.

Ansioso para sentir estes benefícios?