Baixo nível de inclusão digital dificulta desenvolvimento do “Mobile Money” em Angola

581

O baixo nível de inclusão digital, a fraca literacia financeira e a falta de implementação de meios de cibersegurança mais eficazes são alguns dos motivos do crescimento do serviço eletrónico “Mobile Money”, em Angola.

O modo de pensar veio de vários especialistas do sector que estiveram na primeira edição do CEO Fórum Angola, que trouxe em debate a utilização da moeda digital em Angola e onde os cujos participantes defenderam a necessidade de se intensificar as acções de educação financeira e dessa plataforma digital no país.

Segundo a presidente do Conselho de Administração do Afrimoney, Kátia da Conceição, sublinhou que o mercado informal angolano é um dos principais sectores que ainda apresenta a uma fraca literacia financeira.

Por isso, defende a intensificação de acções de literacia financeira e digital no sector informal, para que se reduza a circulação do dinheiro físico neste mercado, um mecanismo que pode ser feito por fornecedores, vendedores e clientes, explicando aos cidadãos as vantagens e funcionalidades da carteira electrónica Mobile Money, por exemplo.

MAIS: Aquisição de microcréditos via Mobile Money será o “salto” dos serviços nacionais

Por sua vez, o presidente do Conselho Executivo do Unitel Money, Gulami Nabi,  frisou a necessidade de se apostar na educação financeira e estreitar relações de todos os agentes deste sector, para promover iniciativas sustentáveis.

Na mesma ocasião, o director de Marketing do Banco Milennium Atlântico, Bruno Pinto, afirmou que já existem várias soluções que substituem o dinheiro físico pelo digital, mas urge a necessidade de se apostar mais na disseminação da carteira electrónica.

Já o director do E-Kwanza Bai, Nuno Veiga, considerou as plataformas financeiras digitais como uma ferramenta crucial para a inclusão financeira.

Em Angola, o serviço Mobile Money está disponível pela Unitel Money, Afrimoney,  E-Kwanza do BAI, E-Kumbu do Banco Sol, entre outras plataformas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui