Aquisição de microcréditos via Mobile Money será o “salto” dos serviços financeiros nacionais

0
732

A disponibilidade de aquisição de microcréditos através dos serviços de Mobile Money serão o próximo “salto” dos serviços financeiros, de acordo com o Pedro Castro e Silva, administrador do Banco Nacional de Angola (BNA).

O gestor que falava na décima terceira edição do “Tech Trends“, promovido pela consultora internacional Deloitte, disse que o caminho para literacia digital nacional é conceder microcréditos via serviços Mobile Money.

MAIS: Mobile Money um amigo para Agricultura e população rural

Ainda na sua abordagem e tendo como base os dados do BNA, Pedro Castro e Silva disse que fora os bancos que têm licenças gerais, são pouco mais de sete as instituições e/ou Aplicações de Mobile Money licenciadas pelo banco central, dentre as quais, Unitel Money, e-kwanza, Pay pay, Guita, as quais o BNA dá o suporte necessário para a estrutura do negócio e por vezes na relação com investidores, mas acabam por estar obrigadas a usar todo o universo de dados e de protecção de um banco, que “pode ser visto como banco custodia”, referiu.

O evento serviu ainda para revelar-se que Angola conta actualmente com mais de 1 milhão de contas Mobile Money, em detrimento dos 5 milhões de pessoas que têm pelo menos uma bancária.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui