Como proteger o teu smartphone de vírus e invasões

1875

O smartphone é um dos dispositivos mais usados e úteis na actualidade, mas também um dos mais vulneráveis a ataques de vírus, malwares e hackers. Estes podem roubar os seus dados pessoais, bancários e profissionais, além de danificar o seu aparelho e comprometer a sua privacidade e segurança.

Por isso, é importante proteger ao máximo o seu smartphone contra os hackers e os vírus, especialmente em 2023, quando se espera um aumento das ameaças cibernéticas.

Neste artigo, vamos mostrar-te algumas medidas que podes tomar para aumentar a proteção do seu smartphone contra os hackers e os vírus, bem como explicar-lhe como remover um hacker ou um vírus do seu smartphone caso ele seja invadido ou infetado. Segue os nossos conselhos e mantém o teu smartphone seguro e funcional.

Como evitar que o smartphone seja hackeado

Os hackers são pessoas que tentam aceder ilegalmente ao seu smartphone para obter informações, controlar o seu dispositivo ou causar danos. Para evitar que o seu smartphone seja hackeado, deves seguir algumas destas dicas:

  • Usar senhas fortes e diferentes para cada conta: as senhas são a primeira barreira de defesa contra os hackers, por isso deves escolher senhas que sejam difíceis de adivinhar e que não sejam iguais para todas as suas contas. Uma senha forte deve ter pelo menos 8 caracteres, incluindo letras maiúsculas e minúsculas, números e símbolos. Por exemplo, uma senha fraca seria “12345678”, enquanto uma senha forte seria “XyZ@9#4w”.
  • Ativar a autenticação de dois fatores sempre que possível: a autenticação de dois fatores é um recurso que adiciona uma camada extra de segurança às suas contas, pois exige que introduzas um código ou uma confirmação além da sua senha para aceder. Pode ativar este recurso nas configurações das suas contas, como o e-mail, o banco online ou as redes sociais. Assim, mesmo que alguém descubra a sua senha, não conseguirá entrar na sua conta sem o seu consentimento.
  • Não clicar em links ou anexos suspeitos: os hackers podem enviar-lhe e-mails, mensagens ou notificações falsas com links ou anexos que, se clicar ou abrir, podem instalar um malware no seu smartphone ou redirecionar-lhe para sites fraudulentos. Por isso, deve verificar sempre a origem e a credibilidade dos remetentes e dos conteúdos antes de clicares ou abrires algo. Se tiver dúvida, apaga ou ignora a mensagem.
  • Não usar redes Wi-Fi públicas ou não confiáveis: as redes Wi-Fi públicas ou não confiáveis podem ser usadas pelos hackers para intercetar o seu tráfego de dados e aceder às suas informações. Por isso, deves evitar usar estas redes para atividades que envolvam dados sensíveis, como o acesso ao banco online, ao e-mail ou às redes sociais. Se precisar de usar uma rede Wi-Fi pública, usa uma VPN (rede privada virtual) para encriptar os seus dados e protegê-los dos hackers.

Smartphone Hackers Virus

Como evitar que o smartphone seja infetado por vírus

Os vírus são programas maliciosos que podem afetar o funcionamento do seu smartphone, consumir os seus recursos, alterar as suas configurações, exibir anúncios indesejados ou roubar os seus dados. Para evitar que o teu smartphone seja infetado por vírus, deves seguir estas dicas:

  • Instalar um antivírus de confiança no smartphone: um antivírus é um programa que pode detetar e eliminar os vírus que possam estar no seu smartphone, bem como prevenir que novos vírus se instalem. Deve escolher um antivírus de confiança, que tenha boas avaliações e ser atualizado frequentemente. Alguns exemplos de antivírus para smartphone são o Kaspersky ou o Norton.
  • Atualizar o sistema operativo e as aplicações regularmente: as atualizações do sistema operativo e das aplicações podem corrigir falhas de segurança que os vírus podem explorar para se infiltrarem no seu smartphone. Por isso, deve verificar se o seu smartphone tem a versão mais recente do sistema operativo e das aplicações que usa, e instalar as atualizações assim que estiverem disponíveis.
  • Não instalar aplicações de fontes desconhecidas ou duvidosas: as aplicações são uma das formas mais comuns de os vírus entrarem no seu smartphone, especialmente se forem de fontes desconhecidas ou duvidosas, como sites não oficiais, links suspeitos ou mensagens de estranhos. Por isso, deves instalar aplicações apenas de fontes confiáveis, como a Google Play Store ou a App Store, e verificar as permissões, as avaliações e os comentários das aplicações antes de as instalar.
  • Não usar aplicações de pagamentos falsos: os hackers podem desenvolver aplicações de pagamentos falsos, que te incentivam a enviar as suas informações bancárias e a pagar por vários serviços que usam as aplicações que eles anunciam. No entanto, estas aplicações são falsas e usadas para roubar as suas informações de pagamentos e realizar transações no seu cartão de crédito ou débito. Por isso, usar aplicações de pagamentos que sejam de fontes confiáveis, como o PayPal, o Google Pay ou a Apple Pay, e verificar sempre a autenticidade e a segurança das aplicações que usas.

Smartphone Hackers Virus 2

Como remover um hacker ou um vírus do smartphone

Se suspeitares que o seu smartphone foi hackeado ou infetado por um vírus, deves agir rapidamente para remover o hacker ou o vírus e evitar mais danos. Aqui estão alguns passos que pode seguir para remover um hacker ou um vírus do seu smartphone:

  • Fazer um backup dos seus dados: antes de mais, deves fazer um backup dos seus dados, como as suas fotos, os seus vídeos, os seus documentos ou os seus contactos, para não os perder caso tenha que apagar o seu smartphone. Podes fazer um backup dos seus dados usando um serviço de armazenamento na nuvem, como o Google Drive, o iCloud ou o OneDrive, ou usando um dispositivo externo, como um cartão de memória ou um disco rígido.
  • Desligar o smartphone e colocá-lo em modo de segurança: após fazer o backup dos seus dados, deve desligar o seu smartphone e colocá-lo em modo de segurança, que é um modo que impede que os hackers ou os vírus acedam ao seu smartphone, ou executem ações maliciosas. Para colocar o seu smartphone em modo de segurança, deve pressionar o botão de ligar/desligar até aparecer um menu, e depois selecionar a opção de modo de segurança.Se não souber como colocar o smartphone em modo de segurança, pode pesquisar na internet como fazê-lo para o seu modelo específico de smartphone.
  • Eliminar as aplicações suspeitas ou desnecessárias: em modo de segurança, deve verificar as aplicações que tens instaladas no seu smartphone e eliminar as que sejam suspeitas ou desnecessárias, pois podem ser a fonte do hacker ou do vírus. As aplicações suspeitas podem ser as que tenham nomes estranhos, que não reconheças, que tenham permissões excessivas ou consumirem muitos recursos. As aplicações desnecessárias podem ser as que não uses há muito tempo, que ocupem muito espaço ou serem redundantes.Para eliminar as aplicações, deves ir às configurações do teu smartphone, selecionar a opção de aplicações e depois escolher as que queres desinstalar.
  • Executar um antivírus no smartphone: após eliminar as aplicações suspeitas ou desnecessárias, deves executar um antivírus no teu smartphone para detetar e eliminar os possíveis vírus que ainda possam estar no teu dispositivo. Se não tiveres um antivírus instalado, deves instalar um de confiança, como os que mencionámos anteriormente, e atualizá-lo antes de o executar. Depois, deves seguir as instruções do antivírus para fazer uma análise completa do teu smartphone e remover os vírus que ele encontrar.
  • Restaurar o smartphone para as configurações de fábrica: se os passos anteriores não resolverem o problema, ou se o teu smartphone estiver muito danificado ou comprometido, podes optar por restaurar o teu smartphone para as configurações de fábrica, que é uma opção que apaga todos os dados e as aplicações do teu dispositivo e o deixa como se fosse novo. Esta é uma medida drástica, mas eficaz, para remover o hacker ou o vírus do teu smartphone. No entanto, deves ter em conta que, ao fazeres isto, vais perder todos os teus dados e as tuas aplicações, por isso deves ter um backup antes de o fazeres.Para restaurar o teu smartphone para as configurações de fábrica, deves ir às configurações do teu smartphone, selecionar a opção de sistema e depois escolher a opção de restaurar ou reiniciar o dispositivo.

Conclusão

O smartphone é um dispositivo muito útil, mas também muito vulnerável a ataques de hackers e vírus, que podem causar muitos problemas e prejuízos. Por isso, é importante proteger o teu smartphone contra os hackers e os vírus, seguindo as medidas que te mostrámos neste artigo, como usar senhas fortes, ativar a autenticação de dois fatores, não clicar em links ou anexos suspeitos, não usar redes Wi-Fi públicas ou não confiáveis, instalar um antivírus de confiança, atualizar o sistema operativo e as aplicações regularmente, não instalar aplicações de fontes desconhecidas ou duvidosas e não usar aplicações de pagamentos falsos.

Além disso, se o teu smartphone for hackeado ou infetado por um vírus, deves agir rapidamente para remover o hacker ou o vírus, seguindo os passos que te mostrámos neste artigo, como fazer um backup dos teus dados, desligar o smartphone e colocá-lo em modo de segurança, eliminar as aplicações suspeitas ou desnecessárias, executar um antivírus no smartphone ou restaurar o smartphone para as configurações de fábrica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui