Consultório MenosFios: Como mudar as definições de privacidade da Apple, Google, Facebook e Windows

1114

Os serviços, aplicações e redes sociais apresentam na sua utilização definições de privacidade, que convidam os utilizadores a participarem em programas de melhoria dos produtos. Os utilizadores, ao abrigo das leis de proteção de dados, podem alterar todas as opções e manter-se no anonimato, sem partilhar a sua informação pessoal e sensível.

No entanto, em muitas situações, as definições acabam escondidas ou dissimiladas em outras informações, tornando menos intuitivo alterar as opções para aquilo que deseja. Afinal, os dados acabam por ser a moeda de troca que as empresas “cobram” pela utilização gratuita dos seus serviços.

Nesse sentido, são apresentados aos utilizadores as opções por defeito, aquelas que instintivamente se clica quando tem pressa de utilizar o serviço. Mas estas opções conferem às marcas o acesso a dados vitais, como a localização, atividades e outras informações utilizadas para ajudar a melhorar os seus produtos. Mas há dados partilhados que se tornam em demasia e o melhor é desativar autorizações desnecessárias, onde é isso que vamos mostrar no Consultório MenosFios de hoje.

Desativar autorizações no iPhone 

A Apple tem vindo a trabalhar os seus sistemas operativos para dar maior controlo aos seus utilizadores da privacidade dos seus iPhones. Para mudar as definições entre na aplicação de definições e selecione o meu de privacidade. Selecione a opção Tracking (Rastreamento) e coloque em off (desligado). Isso vai obrigar as aplicações que necessitem de rastrear o utilizador os avise quando necessário, mas desligado por defeito garante que nenhuma app partilhe dados com empresas para propósitos de marketing.

Também pode desligar a opção de “Anúncios personalizados” na opção Apple Advertising (Publicidade) e desta forma evitar que a fabricante utilize a informação sobre si para lhe “impingir” publicidade e serviços personalizados. Se não quer participar no programa de melhoria de produtos, através do acesso aos seus dados, pode escolher Analytics & Improvements (Analítica e Melhoramentos) e desligar a opção Share iPhone Analytics, para que não sejam enviadas informações do equipamento para a Apple. E para evitar a partilha de geodados com o Apple Maps, selecione Location Services (Serviços de Localização) e toque em Serviços do Sistema e desligue a opção iPhone Analytics e Routing & Traffic.

Desativar autorizações em serviços da Google

A Google utiliza igualmente dados dos utilizadores para melhorar e alimentar os seus produtos, tais como o Search, o Maps ou simplesmente o YouTube, serviços ligados a contas da Google. Para alterar as definições de privacidade da sua conta não precisa sequer de um smartphone, pode aceder ao endereço Myactivity (A minha atividade) e fazer a gestão dos dados partilhados.

Quando entra na página, o provável é ter as três principais categorias ativadas: Atividade da Web e de Aplicações, histórico de localizações e histórico do YouTube. Quer dizer que vais estar sempre a partilhar dados com os serviços, deverá dessa forma limitar e encurtar o tempo que acede aos seus dados.

Podes fazer isso vendo na galeria abaixo.

This slideshow requires JavaScript.

1 – Entrar em cada opção (abra uma nova aba para não se perder).

2 – Em Atividade da Web e de Aplicações e vai encontrar duas opções, Guardar atividade e Eliminação automática (que deverá estar desativada por defeito).

3 – Se entrar em Guardar atividade pode simplesmente desativar esse histórico da sua atividade online e das aplicações. Ou então, pode selecionar um dos serviços da Google e tomar ações individuais para cada uma.

4 – Ao entrar em Eliminação automática, deverá ter ativo por defeito a opção para não eliminar automaticamente a atividade. Nesse caso, altere para um dos prazos disponíveis. O menor é de 90 dias até 36 meses. Seja qual for a escolha vai poder sempre apagar a atividade manualmente.

5 – O mesmo é válido para as opções seguintes. Ao selecionar Histórico de localizações pode desativar, mas também aceder ao período de eliminação automática.

6 – No histórico de YouTube, além de poder desativar, pode escolher filtros tais como incluir os vídeos que assiste, as pesquisas ou atividade de voz e áudio. Também pode definir o tempo para eliminação automática.

Desativar autorizações no Facebook

Também pode modificar as definições de privacidade nas definições diretamente da sua páginaCertas definições estão ativas para facilitar aos seus amigos e familiares que o encontrem na rede social. Porém, podem ser utilizados por empresas para encontrar potenciais clientes.

Assim, pode definir quem pode ver as publicações futuras a amigos apenas ou quem pode ver os perfis e páginas das pessoas que segue. É importante que altere quem pode ver a lista de amigos, igualmente para proteger os outros contactos de “bisbilhoteiros”.

No geral verifique bem estas opções, procurando um equilíbrio entre não ser incomodado por fontes de publicidade ou mesmo atividades maliciosas como pedidos de amizade de estranhos, mas não se tornar um eremita digital.

Aceder às definições de privacidade do Windows

A Microsoft utiliza os dados dos utilizadores no Windows que tanto podem ser utilizados para melhorar o sistema operativo, mas também ajudam os websites e agências de publicidade a aceder à preciosa informação do utilizador.

Para aceder às opções de privacidade do Windows, entre nas Definições e clique em Privacidade. Vai ter acesso a diversos interruptores relativos à personalização de anúncios com base na atividade de aplicações (deve desligar). Mas também tem outras opções que deve considerar como permitir aos websites que forneçam conteúdo relevante a nível local mediante o idioma; o uso de dados para melhorar os resultados da pesquisa e início; ou mostrar os conteúdos sugeridos na aplicação Definições.

___________________________________

Esse foi o Consultório MenosFios de hoje, onde mostramos como podes mudar as definições de privacidade da Apple, Google, Facebook e Windows. Agora, pedimos que os nossos leitores as comentem e que contribuam com informações adicionais que julguem serem necessárias sobre esse mesmo tema.

Todas e quaisquer questões que gostassem de ver aqui respondidas devem ser colocadas no canal de comunicação exclusivo e dedicado ao consultório Menos Fios.

Falamos do email criado para esse fim: [email protected]. Este é o único ponto de receção das questões que nos enviarem. Usem-no para nos remeterem as vossas questões, as vossas dúvidas ou os vossos problemas. A vossa resposta surgirá muito em breve.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui