Contas Bankitas impulsionam a utilização de meios eletrónicos

2001

As contas Bankitas aumentaram a utilização de vários meios eletrónicos, bem como uma menor utilização de dinheiro físico, resultando em maior segurança para o consumidor de produtos e serviços financeiros.

Os dados foram revelados em relatório de estabilidade do Banco Nacional de Angola (BNA), dando conta que no ano de 2022 as contas Bankita foram, maioritariamente, transacionadas por intermédio de Terminais de Pagamento Automático (TPA), representando 59,33 por cento do total.

As operações contribuíram também para a diminuição das reclamações em 1,7 por cento passando para 6.967 reclamações em junho do ano em curso, com destaque à redução das reclamações relativas a cartões de débito e Internet banking.

MAIS: Cartões multicaixas angolanos vão poder pagar e levantar dinheiro no exterior

Segundo o documento, as operações contribuiram ainda na melhoria dos serviços prestados aos consumidores bancários e não bancários, tendo sido instruídos 254 processos de ação sancionatória, dos quais 55,5 por cento correspondentes às instituições bancárias e o remanescente às não bancárias.

Visando o desenvolvimento da educação e inclusão financeira, no quarto trimestre de 2021 foram realizadas 412 palestras, comparativamente às 171 no período homólogo, direcionadas a 14 mil 866 participantes de diversas regiões do país, comparadas às 4.462 ocorridas no período homólogo. A conta Bankita segue apresentando uma trajetória crescente ao longo dos anos, o que pode ser associado aos resultados positivos das ações de formação e capacitação, palestras sobre educação financeira bem como às campanhas de sensibilização, que por sua vez contribuíram para o aumento dos níveis de inclusão financeira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui