Dispositivos da Apple com 5G são banidos da Colômbia

0
604

Devido a um recente caso nos tribunais da Colômbia, relacionado com a disputa de patentes no pais com a Ericsson, a Apple foi obrigada a deixar de vender todos os seus dispositivos com suporte para a tecnologia de redes 5G.

Com esta decisão, a Apple foi tecnicamente banida da Colômbia, estando agora impedida de importar, vender ou publicitar os seus produtos no pais que tenham como base redes 5G. Isto aplica-se tanto aos iPhones como iPads, desde que tenham algum género de suporte para a nova geração de redes sem fios.

Além disso, a Apple encontra-se ainda forçada, pelas leis locais, a ter de alertar os utilizadores através das suas plataformas sociais, ou outros métodos similares, sobre a proibição. Os modelos que já tenham sido vendidos ainda podem manter-se no pais, mas futuras vendas estão agora proibidas.

MAIS: Apple propõe Lockdown Mode para proteger utilizadores “de interesse”

Algo interessante sobre este caso encontra-se no facto que, sobre a Colômbia, ainda não existe oficialmente uma rede 5G ativa para os consumidores em geral. Ou seja, o impacto poderá ser maior para quem esteja a pensar comprar um dispositivo 5G, já que deixa de ter como opção a Apple.

De relembrar que a Ericsson encontra-se numa verdadeira guerra judicial com a Apple relativamente ao uso de patentes da empresa, de forma não autorizada, sobre os seus dispositivos com suporte a 5G. O objetivo da Ericsson será que a Apple deixe de vender os seus dispositivos com a patente integrada, ou pague pelo respetivo uso através de licenciamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui