União Europeia disponível para ajudar Angola na transição das energias renováveis

0
367

A União Europeia informou que está disponível a ajudar Angola na transição para as energias renováveis, tendo como base o “Programa Indicativo Plurianual 2021 a 2027”.

Essa informação veio da Embaixadora da União Europeia, Jeannette Seppen, falando na Conferência Internacional “Energia Renovável em Angola”, que ocorreu na última semana, na capital do país, Luanda, e que foi realizado no seguimento do anúncio de vários projectos de investimento público em energia solar fotovoltaica para electrificação de diferentes localidades nacionais, que darão um contributo muito relevante para se atingir a meta de 70% até 2025 tendo em conta os actuais 42%. 

Segundo o que foi informado aos jornalistas, o “Programa Indicativo Plurianual 2021 a 2027” é um plano que “prevê ajudas, programas e parcerias para o desenvolvimento de energias renováveis junto com o Executivo Angolano, bem como no sector privado e a sociedade civil“.

MAIS: Alemanha quer colocar Angola no mapa mundial do hidrogénio verde

Por outro lado, João Baptista Borge, Ministro da Energia e Águas e que discursou na sessão de abertura, disse que “recentemente foram aprovados importantes projectos de electrificação a concluir nos próximos três anos, no âmbito dos quais deverão ser instalados cerca de um gigawatt de energia fotovoltaica“.

O gestor público acrescentou ainda que “mais cedo, ou seja, ainda durante o presente ano, deverão ser operacionalizados 370 megawatts de capacidade fotovoltaica. O investimento em causa é público, mas tem havido esforços igualmente de se estabelecerem projectos de investimento privado“.

De informar ainda que a  Conferência Internacional “Energia Renovável em Angola” contou também com a intervenção da Directora Executiva da Associação Lusófona de Energias Renováveis (ALER), Isabel Cancela de Abreu, onde apresentou o Relatório Nacional do Ponto de Situação das Energias Renováveis em Angola.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui