É oficial! Huawei apresenta o seu sistema operacional concorrente do Android

2341

A gigante de telecomunicações chinesa Huawei, ameaçada de perder seu acesso ao Android devido às sanções dos Estados Unidos da América, apresentou nesta sexta-feira, o seu novo sistema operacional para os seus equipamentos.

Chama-se HarmonyOS e começou por ser anunciado como um concorrente do Android, mas segundo a empresa será mais do que isso. Este sistema baseado em microkernel, poderá ser adaptado a smartphones, colunas inteligentes, wearables e até nos sistemas dos carros.

Richard Yu, CEO da área de consumo do fabricante, chegou a afirmar que podem aplicá-lo quando quiserem a smartphones. Apesar disso, o executivo referiu que a prioridade da Huawei é manter o Android nos seus telemóveis, alerta que o HarmonyOS pode vir a ser usado em breve se as condicionantes internacionais a isso obrigarem e que o desempenho até é melhor que o registado pelo sistema operativo da Google.

O sistema também aplica verificação formal, um conjunto de abordagens matemáticas usadas em campos críticos de segurança, para identificar vulnerabilidades de forma confiável, enquanto os métodos tradicionais provavelmente perderão alguns pontos.

No próximo ano a Huawei conta ter disponível o HarmonyOS 2.0 para ser aplicado em PCs, smartwatches e pulseiras de exercício físico. Em 2021 deverá chegar o HarmonyOS 3.0 para headsets e colunas, com a adoção para óculos de Realidade Virtual prometida para 2022.