Elon Musk deverá deixar liderança do Twitter no final de 2023

1094

O novo dono e atual diretor-executivo (CEO) do Twitter está a planear deixar a liderança da empresa antes do final do ano. Musk afirmou no World Government Summit, evento realizado nos Emirados Árabes Unidos, que vai procurar outra pessoa para gerir a rede social.

Elon Musk participou via vídeo no World Government Summit, no Dubai, e foi aí que explicou que pretende “estabilizar” o Twitter e “garantir que [a empresa] está num patamar financeiramente saudável”. Após estas duas metas, o executivo pretende abandonar a liderança da empresa e deixar outra pessoa tomar as rédeas.

Apesar de esta não ser a primeira vez que Musk fala sobre a intenção de sair da liderança, é a primeira vez em que coloca uma data de fim para esse objetivo: “Julgo que mais para o final do ano deva ser um bom timing para encontrar alguém para gerir a empresa”, cita a Bloomberg.

MAIS: [Rumor] Twitter vai limitar utilização gratuita da rede social

A procura pelo substituto está a ser efetuada ativamente neste momento, numa altura em que a ausência de Musk da Tesla está a gerar inquietação junto de alguns investidores da fabricante automóvel. Musk justifica que, nesta fase, a SpaceX e a Tesla precisam menos do seu trabalho para operar do que precisavam há três ou cinco anos.

Foi neste fórum que Musk assumiu a rotina de trabalhar sete dias por semana, com seis horas de sono por dia e a aspiração de ter “uma mera semana de trabalho de 80 horas”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui