EMIS investe 20 milhões USD/ano em novas tecnologias

1868

A Empresa Interbancária de Serviços (EMIS) processa mais de 120 milhões de operações financeiras mensais com a rede multicaixa, o que exige um investimento anula de 20 milhões USD em tecnologias de ponta para satisfazer as exigências do mercado, onde pretende crescer 20% ao ano.

No conjunto do país, a EMIS conta com perto de 3,1 mil caixas automáticos operacionais disponíveis, cerca de 150 mil terminais de pagamento automático (ATM) e mais de 750 mil utilizadores do canal multicaixa express.

Estes dados foram fornecidos durante uma conferência de imprensa que serviu para assinalar, hoje, 21 anos de existência da empresa, tendo o administrador Joaquim Caniço realçado que a EMIS aplica por ano 20 milhões de dólares em tecnologia de ponta para satisfazer a demanda do mercado.

“Temos previsões de crescer 20% por ano neste tipo de negócios e contribuir para a massificação dos pagamentos eletrónicos em Angola”, salientou este responsável.

Existem no país 10 milhões de cartões multicaixa válidos, dos quais 75% dispõem de chip incorporado, ou menos vulneráveis a fraudes, que substituem os anteriores cartões de banda magnética que facilitava roubos e furtos de valores.

Segundo Joaquim Caniço, em 2022, a EMIS registou 2.770 casos de roubos e furtos de dinheiro por via dos cartões multicaixa, cifra que está a decrescer significativamente com a introdução de cartões com chip.

Observou ainda que os roubos e furtos registados resultaram em 877 milhões de kwanzas desviados.

Para este ano a EMIS prevê lançar seis novos produtos, dos quais se destacam o TPA Express e o Kwik, este último permitirá o acesso ao sistema de pagamentos eletrónicos pessoas não bancarizadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui