Empresa australiana recusa pagar resgate exigido por piratas informáticos

1440
A empresa australiana Latitude Financial afirmou hoje que recusou pagar um resgate exigido por piratas informáticos que roubaram os dados pessoais de milhões de clientes.
A empresa financeira de crédito informou em março que os ‘hackers’ tinham roubado a informação pessoal de cerca de 14 milhões dos seus clientes australianos e neozelandeses.

A Latitude Financial disse ter recebido recentemente uma nota de resgate do grupo e que a ignorou, de acordo com os conselhos do Governo.

Não recompensaremos comportamentos criminosos, e não acreditamos que o pagamento de um resgate resulte na devolução ou destruição de informação roubada“, afirmou numa informação enviada à Bolsa de Valores australiana.

Segundo a empresa, foram roubadas 7,9 milhões de cartas de condução australianas e neozelandesas, assim como dados de 53 mil passaportes.

Mais de seis milhões de registos que datam de pelo menos de 2005 e que contêm informações como nomes, moradas, números de telefone e datas de nascimento foram também roubados.

MAIS: Empresas angolanas devem evitar negociar resgate com criminosos cibernéticos, recomenda especialista

A ministra dos Assuntos Internos australiana, Clare O’Neil, disse que ceder a hackers “apenas alimenta o modelo empresarial de resgate“.

Comprometem-se a tomar medidas em troca de pagamento, mas muitas vezes perseguem novamente empresas e indivíduos“, acrescentou.

Nos últimos meses, os ‘hackers’ atacaram algumas das maiores empresas da Austrália numa série de ataques separados que colocaram as autoridades em alerta máximo.

Os ‘hackers’ russos foram acusados de aceder a milhares de registos médicos do gigante de seguros australiano Medibank, numa tentativa de resgate mal sucedida, no final de 2022.

A empresa de telecomunicações Optus também sofreu uma violação maciça de dados em setembro de 2022. Os ‘hackers’ conseguiram então aceder aos dados de cerca de 9,8 milhões de pessoas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui