Empresa ugandesa lança projeto de blockchain e transferência de dinheiro para refugiados

1478

A CryptoSavannah, uma empresa de criptomoeda e blockchain do Uganda, anunciou recentemente um projeto que visa fornecer soluções de identificação baseadas em blockchain para promover o empoderamento económico e a inclusão financeira para refugiados e comunidades anfitriãs do Uganda.

O projeto que conta com a parceria da Coinbase e da Mercy Corps, visa abordar os desafios críticos que os refugiados enfrentam, como a dificuldade em acessar serviços financeiros, atrasos no recebimento de ajuda financeira, no registo para educação, emprego, serviços médicos e financeiros. Tudo devido a morosidade no sistema de identidade, facto que se constitui como barreiras ao acesso a serviços móveis do Uganda.

A nossa solução visa digitalizar as identidades de refugiados já existentes por meio da nossa plataforma blockchain, que atuará como uma camada de atestado para os bancos de dados dos emissores de identidade de refugiados”, pode ler-se no twitter.

Os testes inicias do projeto serão aplicados em 35 pessoas usando dois programas pilotos.

MAIS: BNA autoriza bancos nacionais a usarem blockchain

O primeiro será feito numa plataforma de identificação digital construída em uma blockchain para verificar a identidade e facilitar as transações digitais. Assim, os refugiados poderão provar a sua identidade, facilitando a sua inclusão digital, financeira e económica.

Alguns dos serviços que uma fonte verificável de identificação pode ser usada para acessar incluem:

  • Desembolsos de ajuda
  • Serviços governamentais
  • Serviços financeiros formais
  • Integração na sociedade em geral

O segundo programa piloto visa em fornecer uma carteira digital em cada participante para que estes usarem para receber, armazenar e gastar fundos. As transferências em criptomoedas serão distribuídas para as carteiras móveis e todas registadas em uma blockchain imutável que aumentará a transparência e a segurança.

Espera-se que os participantes do segundo piloto obtenham os seguintes benefícios:

  • Redução do potencial de desvio, corrupção e fraude
  • Maior segurança pessoal para funcionários e destinatários
  • Maior transparência nos fluxos de financiamento para doadores e organizações de ajuda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui