EUA e o Reino Unido sancionam cibercriminosos russos do grupo Trickbot

1318

Os Estados Unidos e o Reino Unido anunciaram a imposição de sanções económicas a 11 alegados cibercriminosos, residentes na Rússia e membros do grupo Trickbot, vários elementos do qual foram alvo de sanções semelhantes em fevereiro.

A Rússia é há muito tempo um refúgio para os cibercriminosos, em particular do grupo Trickbot“, indicou o Departamento do Tesouro norte-americano num comunicado.

As 11 pessoas visadas por estas sanções económicas são administradores, analistas e programadores informáticos, especificou.

MAIS: Check Point Research: Trickbot é o malware mais usado pelos cyber-criminosos

O grupo Trickbot é acusado de ter, no pico da pandemia de covid-19, em 2020, atacado hospitais e centros de saúde nos Estados Unidos da América (EUA) e ter instalado ‘ransomware’ (um ‘software’ malicioso que sequestra dados para depois cobrar pelo acesso) em três estabelecimentos médicos do Minnesota, perturbando o funcionamento das suas redes informáticas e telefónicas e desencadeando um desvio de ambulâncias, sublinhou o Departamento do Tesouro norte-americano (equivalente ao Ministério das Finanças).

Além disso, um vírus informático desenvolvido por esse grupo infetou milhões de computadores, incluindo os de empresas e particulares nos EUA.

O Departamento do Tesouro indicou também que o Departamento de Justiça vai, em simultâneo, divulgar nove acusações formais contra nove pessoas relacionadas com os programas de ‘malware’ Trickbot e Conti Ransomware, entre as quais constam sete pessoas que foram hoje sancionadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui