FIFA vai utilizar tecnologia semi-automática para detectar fora de jogo no Mundial de 2022

0
344

A FIFA vai utilizar no Mundial do Qatar uma tecnologia semi-automática que alerta a equipa no vídeoárbitro (VAR) para situações de fora de jogo, anunciou, na sexta-feira(1), a entidade que rege o futebol mundial.

Segundo órgão, o sistema fornece um alerta automático de fora de jogo à equipa no VAR, recorrendo a uma tecnologia que tem por base a animação 3D, e já foi testado em torneios anteriores da FIFA. Essa nova tecnologia de fora de jogo “oferece uma ferramenta de suporte para os árbitros no VAR e no relvado e ajuda-os a tomar as decisões mais precisas e rápidas”.

MAIS: FIFA estreia nova tecnologia de fora-de-jogo no Mundial de Clubes

Após o uso bem-sucedido da tecnologia VAR no Mundial da Rússia, em 2018, o presidente da FIFA, Gianni Infantino, disse que iria “aproveitar todo o potencial da tecnologia no futebol e aprimorar ainda mais o VAR”.

A nova tecnologia usa 12 câmaras montadas sob o tecto do estádio para rastrear a bola e até 29 pontos de dados de cada jogador individual, 50 vezes por segundo, calculando a sua posição exacta em campo.

Esta tecnologia é o culminar de três anos de pesquisa e testes dedicados a fornecer o melhor para as equipas, jogadores e adeptos que irão ao Qatar no final deste ano, e a FIFA está orgulhosa desse trabalho”, disse Gianni Infantino.

O dirigente realça que “a FIFA está comprometida em aproveitar a tecnologia para melhorar o jogo de futebol em todos os níveis, e o uso da detecção semi-automática de fora de jogo no Mundial de 2022 é a evidência mais clara possível”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui