Google disponibiliza o recurso People Cards para África

0
3777

Google apresentou no passado dia 01 de Dezembro, um novo recurso exclusivo para telemóveis, o que torna as pessoas mais fáceis de encontrar na pesquisa Google. O People Cards (cartões de pessoas) permitem que as pessoas criem a sua presença na pesquisa na forma de um cartão (semelhante a um Painel de conhecimento da Pesquisa do Google) que inclui todos os detalhes que desejam que outras pessoas tenham sobre elas.

Para muitas pessoas, sejam elas criadoras de conteúdo, profissionais de negócios ou apenas aquelas que querem se destacar na multidão, ter uma presença online é importante”, disse Olumide Balogun, chefe de aplicativos de consumo da África Subsaariana do Google.

Balogun acrescentou que, para as pessoas sem um site formal, ou para pessoas que partilham um nome com muitas outras, os Cartões de Pessoas são uma maneira fácil de criar ou distinguir a sua presença na Pesquisa.

Segundo o Google, para criar um cartão basta que o usuário esteja conectado na sua conta Google, faça uma pesquisa pelo próprio nome e clique no botão “Add me to search” (Me adicione à busca) que aparece junto aos resultados. O usuário pode incluir uma descrição, links para os seus perfis nas redes sociais, número de telefone, endereço de e-mail e a imagem de perfil associada à sua conta. “Quanto mais informações você incluir, mais fácil será para as pessoas te encontrarem”.

“Nos últimos anos, temos trabalhado com pessoas de toda a região para entender melhor como os africanos veem a Pesquisa e como podemos torná-la mais relevante e trabalhar melhor para as pessoas no continente. Construímos esse recurso para milhões de influenciadores, criadores de conteúdo, empreendedores, autônomos, freelancers ou qualquer outra pessoa que queira ser descoberta ”, disse Balogun.

“A missão do Google sempre foi organizar informações e torná-las úteis e acessíveis, e agora estamos a oferecer uma nova maneira para as pessoas que desejam ser encontradas e organizar informações sobre si mesmas, directamente na Pesquisa, e no seus telefones móveis”, afrima Balogun.

Esta funcionalidade foi testada inicialmente na Índia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here