Google é a primeira empresa estrangeira a implementar serviços de internet em Cuba

506

 

A Google já distribui internet em Cuba e transformou-se na primeira empresa tecnológica estrangeira a fazê-lo. Os cubanos vão ter um acesso melhor e mais rápido a vários serviços online da empresa, como o Youtube e o Gmail.

A mudança faz parte de um acordo assinado entre a Google e a empresa fornecedora de telecomunicações em Cuba, a ETECSA. É a primeira vez que uma empresa de Internet estrangeira passa a ter operações naquele país.

Doug Madory, director da Dyn Research, responsável por noticiar a abertura dos servidores, disse que é um marco, porque esta é a primeira vez que uma empresa de internet estrangeira resolveu hospedar-se em Cuba. Antes de a Google e do governo cubano terem chegado a acordo, os dados chegavam a Cuba através de um cabo submarino ligado à Venezuela.

“Embora a velocidade da internet em Cuba não seja a mesma que existe nos Estados Unidos, este é já um avanço para os cubanos”.

Apesar da Google se tornar a primeira empresa estrangeira a servir Cuba, o controle sobre conteúdos disponíveis por parte do governo deve continuar. Em 2016, apenas 25% de uma população de 11 milhões tinha acesso à Internet, segundo Amnistia Internacional, que descreve Cuba como o país mais desconectado do continente Americano.

De acordo com o Google, o trabalho feito em Cuba faz parte dos “valores de base” da multinacional para permitir que a informação mundial seja útil e acessível a todos independentemente do custo, conectividade e barreiras de linguagem.