Huawei vai aprimorar infraestrutura informática da Edições Novembro

1634

A Huawei vai aprimorar a infraestrutura informática da Edições Novembro (EN), no âmbito de um acordo de parceria entre as duas instituições e onde ideia possa por encontrar novas soluções tecnológicas para os desafios da empresa pública.

Segundo o administrador para a Área Técnica, de Produção e Tecnologias de Informação da EN, Joaquim Quicuca, a meta é trabalhar com a Huawei, para, além do fornecimento de equipamentos tecnológicos, obter apoios na formação dos quadros da empresa.

Falando no final da visita do presidente do Conselho de Administração (PCA) da multinacional chinesa Huawei na Região Austral de África, António Hou, as instalações da EN, o responsável reitera obter apoio da multinacional chinesa para infraestruturar o Departamento de Multimédia e de igual modo atender os outros projetos em curso, como o website institucional e o acervo digital.

Queremos uma transformação digital da Edições Novembro e fortalecer a infraestrutura tecnológica da empresa”, adiantou, além de explicar que com a criação do website institucional a marca da empresa vai ser elevada.

MAIS: Huawei e MINTTICS oferecem 10 mil vagas gratuitas nos cursos da área das telecomunicações

A referida visita serviu também para o administrador destacar a inauguração da página online institucional da Edições Novembro.

Até agora, temos o site do Jornal de Angola, mas nunca tivemos um site institucional. Vamos apostar no site, porque temos vários desafios”, disse.

A Edições Novembro, anunciou, vai contar, antes do final do ano, com o Departamento de Multimédia para a produção de conteúdos digitais.

É um departamento virado para a produção de conteúdos multimédia”, adiantou. “Todos os conteúdos feitos pelo Departamento de Multimédia vão ser usados para o Jornal de Angola online, o website institucional e para a TV corporativa nacional”, sublinhou.

O administrador reconheceu que a Edições Novembro precisa de avançar na modernização e automatização de processos e adiantou que a direção da empresa possui vários projetos em curso, além deste, apresentado ao representante da empresa chinesa.

 “Temos noção do que a Huawei representa. Por isso, firmar uma parceria com a empresa seria uma mais-valia, atendendo que é um dos objetivos traçados”, disse, sublinhando que a empresa precisa avançar para a modernização e acompanhar os avanços no domínio das tecnologias de informação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui