Instituições de ensino aconselhadas a usar as TIC’s no processo de ensino

1207

As instituições escolares são aconselhadas a aproveitar as novas Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC’s) como uma ferramenta de auxílio ao processo de ensino e instigadoras para a melhoria da aprendizagem, segundo o governador da Lunda Norte, Ernesto Muangala.

O gestor público que falava na abertura da primeira conferência internacional de avaliação e desenvolvimento da Educação, promovida pela Escola Superior Pedagógica do Dundo, afeta à Universidade Lueji A’nkonde, frisou que o uso das TIC’s no sistema de ensino, desafia os professores a desenvolver habilidades cognitivas mais complexas, exigindo que os estudantes colaborem na produção do seu próprio conhecimento.

Ernesto Muangala defende que no processo educativo, as TIC ‘s podem ser espaço de socialização, gerando saberes e conhecimentos científicos, quer para o docente, quer para o estudante.

MAIS: Angola está a criar condições para implementação do ensino superior à distância

Por isso, a uma grande necessidade das escolas orientarem os alunos no uso da internet de modo a conduzi-los ao processo de construção do conhecimento, possibilitando ao professor ser mediador, estimulando a busca de um novo saber.

Ainda na sua abordagem, o Governador reiterou às instituições escolares a priorizarem a formação permanente dos seus docentes, visando a melhoria do processo de ensino e a consequente formação de quadros qualificados.

De informar que nesta primeira conferência internacional de avaliação e desenvolvimento da Educação, os participantes falaram sobre gestão e políticas educativas locais, competências comunicativas no processo, desafios da escola em contextos antes e pós-pandemia, interdisciplinaridade no processo de ensino e formação do professor, inovação e intervenção das TIC’s na educação e formação de professores, inovação na avaliação do processo docente e educativo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui